Jornal revela plano para construtora e banco viabilizarem construção de arena para Ponte Preta

0
4.869 views

Noticia publicada neste domingo na coluna do jornalista Lauro Jardim no jornal “O Globo” revela que a construtora W Torre e o banco BTG pactual estão em fase de estruturação de um fundo imobiliário 100% voltado aos estádios de futebol e a Arena da Ponte Preta estaria entre esses alvos.

Além da arena pontepretana as margens da rodovia Anhanguera também estariam na mira os novos espaços para Santos, Goiás e São Januário. O fundo teria a meta de incluir também o Allianz Parque, administrado pela W Torre e local em que o Palmeiras cumpre seu calendário.

A reportagem do Só Dérbi apurou que por enquanto não chegou ao conhecimento da direção pontepretano sobre essa nova modalidade de investimento, mas já é sabido na diretoria executiva que a WTorre está a frente de todo o processo para viabilizar a construção de uma nova arena para a Ponte Preta.

O fundo imobiliário funciona quando um grupo faz um investimento em conjunto. Na maior parte dos casos, os investidores se juntam em sociedade com os proprietários do empreendimento, seja ele, um prédio comercial, um shopping, um hospital, entre outros tipos de construções. Detalhe: na maior parte das vezes, um dos possíveis retornos desses fundos é com a renda proveniente de aluguéis. Também existem casos em que fundos de investimentos compram participações em outros fundos imobiliários.

A reportagem do Só Dérbi entrou em contato com as assessorias de comunicação da WTorre e do BTG Pactual e não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

(Texto e reportagem: Elias Aredes Junior)