Agora no Guarani, Baraka é o 65º jogador da era moderna a ter a dupla campineira no currículo

6
3.210 views

baraka001

O volante Baraka, encaminhado como reforço do Guarani, será o 65º atleta na era moderna a ter a dupla campineira no currículo. Ele será o 23º jogador a atuar no Bugre depois de passar pela Ponte Preta – o volante de 31 anos realizou mais de 100 jogos com a camisa pontepretana. Baraka, inclusive, participou do último dérbi de 2013, vencido pela Ponte Preta.

Veja os jogadores que atuaram no Guarani e na Ponte Preta:

DO GUARANI PARA A PONTE: 42 JOGADORES
Jorge Mendonça, Renato Morungaba, João Paulo, Vagner Mancini, Ailton Ferraz, Gersinho, Jean, Romualdo, Gilson Jáder, Sinval, Luiz Muller, Luciano Baiano, Nenê, Zezinho, Robson, Barata, Hiran, Diego Sacoman, Harison, Sérgio Araujo, Sérgio Alves, Waguinho, Kadu, Gustavo, Galego, Júlio César, Lindomar, Heverton, Richard Falcão, Renato Carioca, Preto, Marinho, Ângelo, Afranio, Lola, Nerino, Mineiro,Felipe, João Paulo Gomes, Paulo Roberto, Léo Citadini e João Vittor

DA PONTE PARA O GUARANI: 23 JOGADORES
Carlos Ganso, Waldir Peres, Lúcio, Roger, Danilo Sacramento, Carbone, Marcelo Souza, Capelozza, Giuliano, Edson Abobrão, Luis Fernando, Willian Favoni, Ivan, Beto, Cristóvão, Charles Guerreiro, Andrezinho, Cristian, Paulino, Marquinhos, Tiago Carpini, Diego Jusani e Baraka.

Diego Jussani foi atleta da Macaca antes de ser contratado pelo Bugre em 2017
Diego Jussani foi atleta da Macaca antes de ser contratado pelo Bugre em 2017

CAMPEÕES DE 78 NO MAJESTOSO
Do elenco bugrino campeão brasileiro em 1978, dois jogadores posteriormente vestiram a camisa da Ponte Preta. Sem oportunidades no Guarani após brilhar no Mundial sub-20 com a Seleção Brasileira em 1979, Gersinho se transferiu para o Paulista e União Barbarense até ser contratado pela Macaca em 1984, onde brilhou antes de jogar no Vasco. Já Renato Pé Murcho foi contratado pela Ponte em 1994 após cinco temporadas no futebol japonês.

EX-PONTEPRETANOS NO BRINCO DE OURO
O volante Baraka será o segundo ex-jogador da Ponte Preta no elenco atual do Bugre. Além do técnico Marcelo Cabo, que foi auxiliar da Macaca na campanha da Sul-Americana de 2013, o zagueiro Diego Jussani atuou no Majestoso entre as temporadas de 2010 e 2011.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento)

6 Comentários

  1. Mesmo antes desta situação do Guarani, a quantidade de jogadores que a AAPP pega do Guarani é maior, claro, jogou aqui pode jogar em qualquer outro time mas, o inverso não acontece pq não é qualquer um que será aceito vindo de um time que nada ganhou e nada ganha no cenário nacional.

  2. kkkkk você é hilário, Vagner Luis, fantasioso e iludido. Acredita mesmo que esses jogadores vão atrás do Guarani em busca de melhores salários?? Ou será que o Guarani é que os procura quando estão em baixa na carreira, e aí até aceitam ir por uns trocados?

  3. Vc tem um sério problema de interpretação de textos… Onde eu escrevi que, HOJE, os atletas vem ao Guarani por melhores salários? Lembra do zagueiro Marcelo Souza? Veio para o Guarani pq a proposta era melhor. Vcs pensam que a história de rivalidade dos dérbis começou em 2001, meu caro, esqueça, é bem antes disto e, leia meu texto novamente, com muita calma, vá lá, digerindo cada palavra… “Mesmo antes desta situação do Guarani, a quantidade de jogadores que a AAPP pega do Guarani é maior”. Entendeu?

  4. Não, não entendi, explique de novo. Peça ajuda ao Profeta da Tribo. E pesquise os salários de todos os jogadores citados na reportagem, para provar seu ponto de vista. Depois imprima, assine e reconheça a firma, em 3 vias. Mande para Caixa Postal 1978 Campinas-SP

  5. Depois de eu ter até desenhado, se vc não entendeu, não sou eu quem precisa de ajuda… Mas vou desenhar novamente e imprimir, enviarei à Caixa Postal 1906, não procure na 1900, ok, estará na 1906…