Internacional (SP) 0 x 4 Guarani: Que começo!Que atuação! Que vitória!

6
2.726 views

Disciplina tática, boa produção técnica e eficiências nas conclusões foram os ingredientes presentes na vitória do Guarani sobre a Internacional de Limeira por 4 a 0, em jogo realizado na noite desta quarta-feira, na casa do adversário, válido pela rodada inicial do Campeonato Paulista.

O resultado deixou o Alviverde com três pontos no grupo D. O desafio seguinte será na segunda-feira, às 20h, contra o Santos, no estádio Brinco de Ouro.

Thiago Carpini prometeu uma equipe disciplinada, focada no conjunto e eficiente nas conclusões. Dito e feito. Não só por mérito do Guarani, mas pela incapacidade da Internacional fechar os espaços. Existia espaço para o trabalho no meio-campo e os laterais do Guarani tinham liberdade. Foi a consequência do lateral esquerdo Bidu conduzir a bola e cruzar para a área e a conclusão certeira de Giovanny.

Consciente e com foco em poupar energia, o Guarani dominava as ações. Ao contrário de alguns trechos do campeonato passado, Carpini arquitetou um time direcionado apenas para tocar a bola. Existia espaço para a bola área. Em cobrança de escanteio de autoria de Bidu, a bola foi na cabeça de Romércio, implacável na conclusão: 2 a 0.

Alguns imprevistos existiam quando era exigida a recomposição, mas a Internacional não aproveitava e ficava nos chutes de média e longa distância.

Vem o segundo tempo e o Guarani não perdeu o ritmo. Pelo contrário. Lucas Abreu entrou na área e cruzou para a conclusão de Junior Todynho. A goleada virou realidade.

O atacante não queria ficar apenas no cartão de visitas. Na reta final da partida, ao aproveitar o rebote defensivo, Junior Todinho carregou a bola e tocou para as redes e fez a festa.

Nos minutos decisivos, a decisão foi a de controlar a partida para não passar sustos e deixar uma impressão para uma torcida que respirou aliviada após o apito final do árbitro.

O Guarani jogou com: Jeferson Paulino; Pablo, Bruno Silva, Romércio, Bidu (Marcelo) ; Devid, Lucas Abreu, Lucas Crispim e Giovanny; Junior Todinho (Alemão) e Rafael Costa (Bruno Sávio). O jogo foi assistido por 5843 torcedores.  (Crônica de autoria de Elias Aredes Junior)

6 Comentários

  1. NAo se animem, logo salario atrasa, dividas retornam e o sonho acaba.
    Nao esqueça que esse time vive em uma fumaça ilusória

  2. Poxa, olha o nível dos torcedores da associação. O cara se preocupa muito mais com o Guarani … Do que com o pequeno time.

    Está explicado porque em 120 anos nunca ganhou nada … Piada

  3. Se o Guarani vive em fumaça ilusória, imagine as xitas. Todo ano é a mesma conversa que vai ser campeão, e hoje até o coitado do Totó estava na EPTV falando uma besteira dessas. A Associação também atrasa salários mas a imprensa marron prefere omitir os fato$.