quarta-feira , 26 julho 2017
Home / Destaque / Em jogo marcado pelo equilibrio, Guarani arranca empate diante do América Mineiro

Em jogo marcado pelo equilibrio, Guarani arranca empate diante do América Mineiro

Com disciplina tática e voluntariedade, o Guarani arrancou um empate por 0 a 0 contra o América Mineiro, em jogo realizado na tarde deste sábado (15) no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG) e válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o alviverde campineiro com 26 pontos e dentro da zona de classificação á divisão de elite. O próximo obstáculo será terça, ás 20h30, contra o Ceará, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Uma equipe com filosofia clara de jogo tem como característica nunca cair de produção mesmo com profundas substituições. O Guarani exibiu um sintoma deste conceito contra o América. Bem posicionado e com alterações sutis encarou um anfitrião cujo trunfo eram as jogadas pelo lado direito com Matheuzinho. Isso não inibia o Alviverde de agredir e buscar algo diferente como aos 02min em chute perigoso de Rafael Silva.

A saída de bola, aliás, tinha uma diferença: ao invés dos volantes e de Diego Jussani, a missão ficou sob os pés de William Rocha, responsável por balancear as jogadas para Rafael Silva avançar pelo lado direito e Caíque centralizado. As oportunidades também eram proporcionadas por erros da defesa do Coelho. A principal surgiu aos 42min, quando Ernandes perdeu a bola,  Rafael Silva recebeu livre e disparou em direção ao gol e provocou defesa do goleiro;no rebote, Caíque tocou de joelho e desperdiçou graças a interceptação do lateral-direito Norberto.

Os espaços surgiam e aos 49min, o zagueiro Messias errou na saída de bola e Luis Fernando tocou para Claudinho, que arriscou  o chute e viu a bola ir para fora.

Quando o segundo tempo surgiu no horizonte, o que se viu foi um Guarani sem medo de arriscar e com Rafael Silva sendo um dos seus principais atacantes, como um chute defendido pelo goleiro João Ricardo. O América Mineiro, por sua vez, mudou sua estratégia e começou a rodar a bola no campo ofensivo e as oportunidades começaram a surgir. Aos 13min, o cruzamento foi executado e Bill só não fez o gol devido ao corte de William Rocha.

Aos 15min, o imprevisto: Rafael Silva saiu por lesão no ombro direito. A entrada de Juninho tirou a referência ofensiva e os anfitriões ganharam espaço e aos 16min Luan chutou e Leandro Santos defendeu.

O perde e ganha passou e prevalecer e assim era preciso contar com erros individuais para chegar como aos 32min, em chute perigoso de Salomão. No minuto seguinte, Bill dominou na área chutou e Leandro Santos operou defesa.

Inevitável constatar entretanto que a pressão do América Mineiro foi incessante  e aos 42min Hugo Almeida e Leandro Santos surgiu para defender e assegurar o empate que fez a festa dos torcedores bugrinos presentes ao estádio Independência.

FICHA DO JOGO

AMÉRICA MINEIRO

João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Messias e Gerson Magrão (Davi); Ernandes, Zé Ricardo, Ruy (Hugo Cabral) e Matheusinho; Luan e Bill (Hugo Almeida). Técnico: Enderson Moreira

 

GUARANI

Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Evandro e Auremir; Caíque, Luiz Fernando (Richarlyson) e Claudinho (Kevin); Rafael Silva (Juninho). Técnico: Vadão

 

Renda: R$ 37.689,00

Público: 5751

Cartões Amarelos: Diego Jussani, Rafael Lima, Gerson Magrão

Juiz: Jean Pierre Gonçalves

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte

Veja Também

WhatsApp-Image-2017-07-25-at-12.50.18-4-e1501003149271

Bruno Mendes tenta recomeço no Guarani e afirma ter amadurecido em campo

O Guarani apresentou na manhã desta terça-feira o atacante Bruno Mendes, de 22 anos. O ...

4 Comentários

  1. Excelente resultado. O time foi muito raçudo. Tomara que o tenhamos Rafael Silva e Nazário na frente para o próximo jogo. Vai ser mais uma dura batalha desta terceira minimeta.

  2. Belo empate e algumas conclusões: Na defesa Leandro Santos e Jussani não passam segurança. No ataque Samudio não fará falta pois Rafael Silva é mais jogador. Nas arquibancadas a torcida bugrina deu um show.

  3. Leandro Santos pode não transmitir segurança, mas fez grande partida hoje

    • Vagner, eu não sou fã do Leandro Santos, mas tenho que concordar com você.

      Hoje o Leandro Santos me surpreendeu em defender a queima roupa o chute do Bill. De fato, ele foi muito bem.

      O time inteiro no geral, foi muito guerreiro. É só ver o que aconteceu hoje. O Vadão não tinha nenhuma opção ofensiva no banco, pois ele teve de escalar 2 reservas (Claudinho e Caíque) para começarem como titulares. O jogador mais próximo de jogar improvisado como atacante era o Juninho.

      Com todas essas dificuldades o time conseguiu o empate.

      Em tempo, espero que nada de grave tenha acontecido com o Rafael Silva , senão vai ser uma dor de cabeça montar o ataque. Eu acho que o Caíque não está preparado para fazer a função que o Samúdio vinha fazendo. Vamos torcer para a recuperação do Rafael Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *