Fumagalli aparece e decide. Notas que refletem uma fase iluminada

0
768 views

Não foi uma atuação uniforme. O adversário deu trabalho. No final, veio a vitória. O Guarani vive uma lua de mel na Série C. Confira as notas:

GUARANI

Leandro Santos – Segurança e boas defesas. 7,0

Daniel Damião – Até marcou bem, mas levou a bola ao campo de ataque. 5,0

Ferreira – Novamente impecável. 7,0

Leandro Amaro- Preciso nos desarmes. 7,0

Gilton – Bloqueou bem. Faltou inspiração ofensiva. 6,0

Auremir – Errou muitos passes. Saiu por lesão. 4,5

Lenon-Boa dinâmica no meio-campo e surpreendente como lateral. 7,5

Edinho- Começou bem, deu velocidade e depois caiu de produção. 6,0

Fumagalli – Não foi bem, mas o seu poder de decisão é inacreditável. 6,5

Deivid – Não esteve brilhante na parte técnica, mas lutou sempre. 5,5

Pipico – Taticamente o desempenho foi brilhante ao abrir espaço aos companheiros. 6,5

Evandro: Atuou um pouco mais a frente, mas não decepcionou. 6,0

Zé Antônio – Disperso e apagado. 4,5

Renato Henrique – Jogou poucos minutos. O suficiente para dar vida ao meio campo. 6,0

Técnico: Marcelo Chamusca – Fez as modificações corretas e tem o time na mão. Sabe disputar a Série C. Fato. 7,5

BOA ESPORTE

Daniel – Uma lambança inacreditável no primeiro gol. 4,0

Leonardo – Alguns bons momentos. 5,0

Léo Baiano – Confuso. 4,5

Edson Borges- Não teve culpa no gol, mas vacilou em vários lances. 4,5

Romano – Bem no apoio e ineficiente na defesa. 5,5

Escobar – Fraco e sem qualidade. 4,0

Renato – Tentou imprimir velocidade em algumas jogadas. 5,5

Itaqui – Apagadíssimo. 4,0

Felipe- Bons passes, lançamentos precisos e levou perigo. 7,0

Ricardinho – Deu trabalho no primeiro tempo. Sumiu na etapa final. 5,5

Daniel Cruz – Fez um gol e teve boas jogadas. 6,0

Reinaldo: Tentou penetrar na defesa bugrina. Sem sucesso. 5,0

Sillas – Insinuante. 5,0

Romário- Não teve espaço. 5,0

Técnico: Julinho Camargo – Time bem montado. Vai lutar pela classificação até o final. 7,0