Projeto aprovado em primeira discussão concede gratuidade para idosos nos estádios de Campinas. Os clubes estão preparados?

2
223 views

Em sessão realizada na noite de quarta-feira na Câmara Municipal de Campinas, os vereadores aprovaram um projeto de lei do vereador Paulo Galtério (PSB) que isenta os maiores de sessenta anos de idade do pagamento de ingressos para jogos de futebol, oficiais e amistosos, em estádios de futebol no município de Campinas. O projeto só teve um voto contrário.

O Projeto de Lei deverá ser apreciado ainda em segunda análise para, em sendo aprovado, seguir à sanção do prefeito. Pelo projeto, tanto o estádio Brinco de Ouro como o estádio Moisés Lucarelli deverão separar um lugar específico para abrigar os beneficiados pela medida.

De acordo com o parlamentar, o projeto trará uma série de benefícios em médio e longo prazo. “Vivemos em um momento histórico caracterizado por uma nova realidade populacional, a revolução da longevidade, e suas conseqüências sociais. O idoso é um cidadão que tem seus direitos e os anos de trabalho lhe garantiram que nesse momento da vida possa ser contemplado com alguns privilégios. Esse projeto trabalha neste sentido: respeitar as pessoas idosas é tratar o próprio futuro com respeito”, diz Galtério.

O projeto é um avanço em relação ao Estatuto do Idoso que no seu artigo 23 diz o seguinte: “A participação dos idosos em atividades culturais e de lazer será proporcionada mediante descontos de pelo menos 50% (cinqüenta por cento)

nos ingressos para eventos artísticos, culturais, esportivos e de lazer, bem como o acesso preferencial aos respectivos locais”, descreve o documento.

Independente do mérito da questão, é preciso que tanto Guarani e Ponte Preta analisem o impacto econômica dessa medida para seus cofres. Não podemos esquecer que a legislação já garante meia entrada para estudantes e professores da rede pública. Justissimo, aliás. Impossivel ignorar, entretanto, que o fato poderá gerar um impacto no caixa. Que o planejamento seja iniciado.

(Elias Aredes Junior)

2 Comentários

  1. Pela baixa quantidade de torcedores que comparecem nos estádios seria até uma forma de aumentar o número de torcedores.
    Não creio que causaria problema com relação ao caixa dos clubes, proporcionalmente falando.

Deixe Um Comentário