A vitória do Guarani foi convincente. Mas mostrou erros de Carpini e necessidade de reforços para o futuro

0
490 views

Thiago Carpini comemora a vitória no dérbi, a quebra de tabu contra o adversário histórico e uma produção convincente no segundo tempo, especialmente depois do restabelecimento da escalação que fez o time produzir a contento em boa parte do Paulistão.

Mas o treinador errou demais. Abusou do direito de flertar com a derrota. Começar com Eduardo Person e Lucas Abreu como volantes de pegada contraria até seus próprios critérios porque Marcelo sempre foi o substituto escolhido. Sem contar que Pablo no ataque deixou desconectado Junior Todinho. Na prática, tinha apenas Giovanny como alternativa ofensiva.

Quebrou um padrão estabelecido em todo o campeonato. Sem contar que a entrada de Cristóvam, apesar de bem intencionada, quebrou o ímpeto desenvolvido por Pablo não lateral. É limitado, mas Pablo tem capacidade de levar a bola, o que não é pouco.

Quando tirou o lateral e botou Rafael Costa e recolocou Pablo na defesa, Carpini viabilizou a retomada do padrão tático que deu certo no Paulistão. Venceu o jogo.

Qual a lição?

Que Carpini pode e deve buscar novos modelos de jogo. Será essencial na Série B. Só que hoje, o Guarani dispõe, no máximo de um time titular razoável e com poucas opções. Mas para contratar contratações serão necessárias.

Que a diretoria absorva as lições necessárias.

(Elias Aredes Junior-com foto de David Oliveira-Guaranipress)

Deixe Um Comentário