terça-feira , 21 agosto 2018
Home / Destaque / Após três anos, Ponte e Adidas encerram parceria; novo fornecedor sai na quinta

Após três anos, Ponte e Adidas encerram parceria; novo fornecedor sai na quinta

A Ponte Preta divulgou, em nota oficial à imprensa, que a parceria com a Adidas chegou ao fim depois de três anos. A marca alemã, durante esse período, acumulou algumas polêmicas. Logo de cara teve que reformular os primeiros uniformes lançados, pois a torcida rejeitou um template de inferior qualidade. O contrato foi renovado no ano passado após a classificação da Macaca às finais do Campeonato Paulista.

“A saída ocorre em comum acordo e de maneira amigável e agradecemos a empresa por este período que foi muito bom para os dois lados. Já estamos em negociações avançadas e devemos anunciar muito em breve um novo fornecedor de material esportivo. Independentemente disso, utilizaremos o material até julho de 2018”, disse Eric Silveira, Diretor de Marketing.

O vínculo era válido até dezembro de 2019. Porém, graças à mudança na política de atuação no futebol brasileiro, a Adidas antecipou a saída – a estratégia, aliás, já havia sido adotada em outros clubes do país.

QUEM VEM POR AÍ?

O novo fornecedor de material esportivo da Alvinegra será oficializado nesta quinta-feira, 17. Para assumir o posto da Adidas, três empresas estavam na parada. A Topper tem negociações adiantadas e deve fechar contrato em uma oportunidade vantajosa, em termos financeiros, ao clube campineiro. O novo modelo, por sinal, vai ser divulgado em 21 e 22 de maio.

Nos últimos anos, a empresa brasileira tem aumentado consideravelmente sua participação no mercado nacional e figura nas camisas de Atlético-MG, Botafogo, Brasil de Pelotas, Ceará, Goiás, Guarani, Náutico, Paraná, Remo e Vitória.

Umbro e Penalty eram os outros fornecedores que realizaram propostas.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa)

Veja Também

Casa cheia: Ponte Preta atualiza parcial de ingressos vendidos para o dérbi

A Ponte Preta atualizou na noite desta segunda-feira o número de ingressos vendidos para o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *