Bruno Sávio: por incrível que pareça, sem ele em campo, o acesso fica mais díficil

0
347 views

Ele erra passes. Proporciona contra-ataques. É protagonista de jogadas erráticas. Mas é o artilheiro do Guarani na Série B com 9 gols, autor de cinco assistência e tudo isso em 25 partidas. Bruno Sávio é o retrato do jogador brasileiro. Humanizado. Capaz de erros e acertos. O torcedor mais critico ao atleta terá que engolir o orgulho e entender que o camisa 11 é peça fundamental para a reta final da Série B.

O enredo contra o Londrina foi emblemático. Assim como os outros jogadores, Bruno Sávio teve um rendimento ruim na etapa inicial. Depois participou do lance do primeiro gol, deu passe para Allan Victor sofrer o pênalti e teve chutes perigosos.

É aqui que proponho uma discussão. Digamos que Daniel Paulista considerasse imperioso retirar o jogador devido ao seu desempenho ruim. Existe garantia de bom rendimento por parte de jogadores como Maxwell ou Lucão do Break ou mesmo Renanzinho.

Pense: se Allan Victor entrasse no lugar de Bruno Sávio, automaticamente isso mexeria nas peças ofensivas. E se Junior Todinho saísse do time titular, já com Bruno Sávio na reserva, as opções acima seriam acionadas. E a chance de decepção seria enorme.

Ou seja, com Bruno Sávio, há garantia de momentos de brilho e de um protagonista capaz de assegurar pontos. Sem ele no gramado, é tiro no escuro.

(Elias Aredes Junior- com foto de Rogério Capela-Especial para o Guarani F.C)