Daniel Paulista no Guarani: erros e acertos mais do que previsíveis. Ou dava para esperar algo mágico e excepcional?

0
216 views

Colocar Tony, Maxwell, tomar dois gols na reta final e deixar dois pontos no meio do caminho foi demais para a torcida do Guarani. A inconformidade tomou conta do ambiente virtual da torcida.

Todos tem um ùnico culpado: Daniel Paulista.

Sim, o técnico bugrino atrapalhou mal. Substituiu de modo equivocado. Jogou o time para trás e atraiu o CRB.

Tudo isso você cansou de assistir e ouvir nas últimas horas. Muitos querem sua demissão após a Série B ou até neste momento.

Pedido precipitado. Por que? A resposta é simples: nada vai mudar.

Sei que é duro admitir a mudança de patamar financeiro do Guarani.

Há 32 anos, o Guarani contratava o treinador que tinha sido campeão brasileiro pelo Bahia, no caso Evaristo de Macedo. Ou em um estalar de dedos chamava-se Carlos Alberto Silva e ele conduzia os treinamentos dentro do Brinco de Ouro. Hoje tudo mudou.

Hoje, em 2021, o Guarani só tem potencial financeiro para técnicos emergentes: Ricardo Catalá, Daniel Paulista, Allan Aal, Thiago Carpini…São jovens, promissores, estudiosos e assim como qualquer profissional em início de profissão protagonizam erros.

Em um mundo ideal, o Guarani contaria com Vanderlei Luxemburgo, Guto Ferreira, Fernando Diniz (sim, ele subiu de patamar salarial)…Mas falta o principal: poderio financeiro.

Daniel Paulista errou. E vai errar outras vezes. Assim como também errar qualquer outro profissional do mesmo perfil. É o que o Guarani consegue pagar. O jeito é administrar perdas e danos.

Mas não esqueça: mesmo assim, pode ocorrer um final feliz. Afinal, se existe algo surpreendente é o futebol.

(Elias Aredes Junior-foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)