Dérbi 196- Guarani 3 x 2 Ponte Preta: virada calcada na humildade ao reconhecer o erro na escalação; derrota com falhas na etapa final

9
1.108 views

Com boa produção no segundo tempo, o Guarani venceu a Ponte Preta de virada por 3 a 2, no dérbi 196 realizado na noite desta segunda-feira, com portões fechados e válido pela décima rodada do Campeonato Paulista.

O resultado manteve a Alvinegra aos sete pontos ganhos e na zona do rebaixamento enquanto que o Guarani ficou com 16 pontos no Grupo D. Com a vitória, o Guarani quebrou um tabu de quase oito anos sem vitórias. Agora, as duas equipes vivem uma pré-temporada informal diante da paralisação do futebol gerada pela proliferação do coronavirus.

João Brigatti adotou o pragmatismo. Repetiu a escalação que venceu o Afogados e apostou em marcação forte na intermediária e na velocidade a partir de Zanocello e com Alisson Safira. A estratégia recebeu preciosa colaboração do técnico Thiago Carpini, que errou na escalação.

Para substituir o suspenso Deivid, a aposta foi na dupla formada por Lucas Abreu e Eduardo Person. Pablo foi adiantado no setor ofensivo e Cristovam foi colocada na lateral enquanto que Bidu e Marcelo ficaram como opções de banco. Resultado: um time que girava, mas não criava chances concretas, excetuando-se um chute de Giovanny defendido por Ivan.

A Macaca, com força de marcação, soube aproveitar as falhas oferecidas pelo rival. Na primeira brecha, João Paulo cobrou escanteio e Alisson meteu de cabeça. O placar foi ampliado após Romércio bater com a mão na bola. Roger cobrou e fez seu primeiro gol em dérbis.

Vem o segundo tempo e o Guarani lançou-se ao ataque. Atabalhoado, na base da força e da vontade diminuiu com gol de Junior Todinho, que aproveitou e tocou na trajetória da bicicleta dada por Lucas Crispim. Na origem do lance existia impedimento. Imediatamente após o gol, ao colocar Rafael Costa no lugar de Cristóvam e assim viabilizou a colocação de Pablo na lateral-direita.

Mas o que aconteceu foi o aparecimento de diversos contra-ataques para a Ponte Preta, que desperdiçava oportunidades. O Guarani não desistia. Apostava que uma hora o talento apareceria. E surgiu quando Thallyson tabelou com Junior Todinho e foi a linha de fundo para cruzar para Juninho empatar. Quando o resultado parecia consolidado a surpresa: Thallyson dominou dentro da área e bateu de curva e sacramentou a virada.

O Guarani foi mandante e jogou com: Jeferson Paulino; Cristovam (Rafael Costa), Romércio, Leandro Almeida e Thallyson; Eduardo Person (Marcelo), Lucas Abreu, Lucas Crispim e Giovanny(Juninho Piauiense); Pablo e Junior Todinho.

A Ponte Preta atuou com: Ivan; Jeferson, Alisson, Henrique Trevisan e Yuri (Cléber Reis); Dawhan, Bruno Reis(Apodi), Vinicius Zanocello e João Paulo; Alisson Safira (Bruno Rodrigues) e Roger .

(Elias Aredes Junior com foto de Álvaro Junior-Pontepress)

9 Comentários

  1. A torcida da Ponte Preta, feliz e emocionada, envia
    ao Senhor Presidente do Clube, Sebastião Arcanjo , seus efusivos cumprimentos pelo seu brilhante e
    magnifico trabalho,desenvolvido a frente dos
    destinos de nosso amado Clube!!! Está achando
    estranha tal honraria? Com o Clube arruinado, em sua tradição e seu renome?
    Não estranhe, nao! Partindo-se do principio de que
    cada pessoa, somente pode dar o que tem, achamos por bem, homenagea-lo, como o
    Presidente que não mais queremos em nosso clube
    e por uma questao, de gentileza e de educação de sua parte, o Senhor, por certo, nos dará a alegria de
    sua retribuição: irá renunciar ao cargo de Presidente
    da AA Ponte Preta e por um ato de lealdade e grande mérito, levará consigo os ilustres componentes de sua Diretoria e da Mesa Diretora do Conselho Deliberativo.
    A AA Ponte Preta lhe será sempre grata, por essa atitude de auto- reconhecimento!!!

  2. Elias, para de chorar. A vitória do Guarani foi épica digna de um time Guerreiro que não desisti nunca.
    A Associação Arrombada das peruas paraguaias achararam dois gols no primeiro tempo e foi só. Se o Bugrão desse a carga total no primeiro tempo igual foi no segundo seria uma goleada histórica.
    Resumindo quando o Dérbi é diferenciado no contexto histórico só da Bugrão: 1º Derbi da História dos confrontos,A maior Goleada em Dérbi, Dérbi no Pacaembu, Dérbi do Século, Semi -final do Paulista de 2012 ( A verdadeira final para nós de Campinas-SP) e agora o Dérbi 196 Corona Covid 19 foi uma Pandemia Bugrina deixamos as peruas arrasadas rumo a 2ª divisão.

    • Infelizmente uma bela vitória, porém inócua, o desejo dos bugrinos de mandar a Ponte pra A2 com a vitória de ontem vai ficar só na vontade mesmo….

      Tudo leva a crer que campeonato será finalizado do jeito que está, sem termos um campeão e sem times rebaixados, vão dizer que a pandemia acabou com o calendário dos jogos e que a maioria dos times do interior terão problemas, pois só fizeram contratos com jogadores até o fim da 1a fase no final de março.

      Além disso, a vitória do Guarani ontem não só eliminou o Corinthians pra próxima fase como o coloca no bolo do rebaixamento. Você consegue imaginar o Corinthians jogando contra Votuporanguense, Rio Claro, XV de Piracicaba, Sertãozinho, Penapolense, Monte Azul, etc…

      A FPF sabe que sem o Corinthians no paulistinha, o paulistinha acaba.

  3. Essa imprensa campineira não sabe nem disfarçar a preferência pelas velhas virgens. Tenha dó, o bugre ganhou porque é um time melhor armado, jogou melhor no segundo tempo e não desistiu. Os dois gols do adversário foram achados em lances de bola parada. Boa segunda divisão para vocês, que fiquem lá em isolamento por muito tempo.

    • João, não vai ter segunda divisão pra Ponte e pra ninguém. O campeonato deve ser finalizado do jeito que está por falta de datas devido a pandemia, não haverá campeão e nem rebaixados. Ainda mais agora que o Corinthians corre risco de ser rebaixado.

  4. FORA TIÃOZINHO COMUNISTA CORINTIANO !!!
    FORA GUSTAVO BUENO FRACASSADO !!!
    GOL IMPEDIDO DAS GALINHAS
    TIME QUE DEPENDE DE MESADA
    TIME SEM ESTÁDIO
    BASTA

  5. Fora Tiãozinho! Chega de incompetência!
    Passamos vergonha ontem e a culpa é do presidente que está destruindo a Ponte Preta.
    Que esse corintiano seja colocado pra fora do Majestoso.

Deixe Um Comentário