É preciso buscar mudanças substantivas na Ponte Preta. Por Pedro Benedito Maciel Neto

20
611 views
Após o vice-campeonato paulista de 2017 a PONTE PRETA vem colhendo apenas vexames dentro e fora do campo, além do absurdo rebaixamento de 2013.
Dentro de campo podemos listar, além os rebaixamentos no brasileirão de 2013 e 2017, as campanhas medíocres que não alcançaram objetivos em 2018 e 2019, a perda do Torneio do Interior, e nesse 2020 colhe-se um desempenho vergonhoso no paulistão, sem contar a perda do derby e de virada.
Fora de campo, após o rebaixamento de 2017, teria ocorrido um descontrole na gestão e nas informações, vide a aventura do sub-23 e o surgimento de débitos cujos valores de reclamações trabalhistas que não estavam claramente contingenciados nos balanços de 2018 e 201. Na minha opinião não se trata de omissão ou má fé dos dirigentes, mas de uma cultura sistêmica que precisa de mudança, pois o fato é que informações chegam a nós pontepretanos, conselheiros ou não, pela imprensa do que pelos canais institucionais. Isso está errado e não me serve.
O tempo da presidência plenipotenciária acabou, estamos no século XXI e o dever do diretor executivo é informar quem o elegeu, ou seja, o Conselho Deliberativo.
Nós pontepretanos desejamos um time competitivo, um clube organizado e um espaço de convivência que validamente nos proporcione momentos de alegria, os quais transformam-se em histórias que contaremos aos filhos, netos e aos amigos, mas isso está cada vez mais raro e distante.
Vejo que essa situação de crise, que pode tomar contornos gravíssimos, não obstante eu reconheça o valor e o esforço pessoal do atual presidente, que inclusive determinou o investimento na formação de quadros voltados para qualificar a gestão.
E que fique claro: o presidente Sebastião Arcanjo goza da minha confiança e benquerença, mas a situação é grave porque sua gestão segue, com o devido respeito, amadora para o que representa o futebol atualmente.
Precisamos de um PLANO DE TRABALHO, de um Plano de Negócios.
Precisamos de uma ‘Coordenadoria de Futebol’ que oriente-se por um planejamento de verdade e não meramente retórico e vazio; um planejamento escrito que oriente a estruturação desde as categorias de base até o futebol profissional (essa coordenadoria – no modelo que imagino como ideal -, seria hierarquicamente superior à comissão técnica do time profissional e que teria a função de orientar a gerência de futebol acerca da natureza das contratações).
Precisamos de um plano de negócios, outro de marketing, e um plano financeiro; precisamos de metas e aferição periódica delas.
Precisamos debater a urgência da modernização do CT ou a construção de um novo; a Arena tem que ser amplamente debatida pelo Conselho.
Precisamos restabelecer a alegria de ser pontepretano, para trazer de volta ao Majestoso o torcedor e suas famílias; precisamos de um time e não apenas de bons jogadores.
O Conselho tem que ser protagonista da mudança e não informado pela imprensa que o projeto da ARENA foi apresentado aos árabes, sem que o conselho saiba se isso é peça de marketing.
Fato é que o futebol envolve, em sua constituição, características culturais, econômicas, políticas e sociais, que o tornam um esporte massificado socialmente e com forte influência no cotidiano de muitas pessoas, e mesmo reconhecendo que cada um dá o melhor de si, faz pelo menos uma década que as direções da Ponte Preta renunciam às possibilidades de modernizar seus processos internos e preparar-se responsavelmente no presente para o futuro.
O futebol é uma manifestação cultural e popular, é uma paixão participativa entre seus adeptos, como consta no trabalho “Análise da estrutura organizacional de um clube de futebol do interior paulista: o estudo do Botafogo Futebol Clube”. Futebol é um processo sociológico, que como tal foi sofrendo transformações até chegar ao cenário contemporâneo, no qual passou a ser tratado como um gigantesco comércio, situação controversa para os clubes que não apresentam fins lucrativos, porém, que possuem muitos empresários e agências de marketing esportivo lucrando sobremaneira em função dos valores monetários do mercado.
O que fazer?
Bem, já vencemos situações terríveis como a legada pela Presidência de Marco Chedid e a de descontrole recente que possibilitou à diretoria de marketing manter relações presumivelmente ilícitas com a concessionária do setor de alimentos e bebidas do estádio.
 
Saiu um presidente simpático, mas alienado e desatento a essa circunstância, mas precisamos de uma direção profissional, que viva o dia-a-dia do clube, 24 horas por dia e que não busque socorro financeiro o tempo todo junto ao nosso presidente de honra.
 
Aliás, Sérgio Carnielli é um pontepretano abnegado, que vai muito além do discurso vazio, ele parte para a ação e sempre socorre a PONTE, mas acaba suportando “culpas” que não sei se tem, afinal é fácil apontar o dedo e culpar o outro pelo que ele faz, ao invés de olharmos no espelho e perguntarmos: “o que podemos fazer?”.
O momento não é de encontrar culpados, mas de indicar caminhos.
Reconheço no atual presidente qualidades raras atualmente no mundo, especialmente a honestidade, reconheço que ele assumiu a presidência corajosamente e num momento de crise aguda, contudo, há uma outra crise: crise legitimidade no comando do clube mais antigo em atividade no país, isso pode ser objeto de debate noutro momento e noutro espaço, registrando que esse viés da crise é componente importante em qualquer análise e para a minha proposta.
A PONTE, que foi o primeiro clube do interior a disputar o brasileirão e deu ao futebol do país jogadores que disputaram pela nossa seleção as principais competições do mundo, precisa mudar substancialmente.
Acredito que todas as pessoas são boas e que dão o seu melhor, mas é tempo de profissionalizar nossa Nêga Véia.
Por isso é, a meu juízo, chegado o momento de todos nós abrirmos mão de nossas vaidades e orgulhos (junto com elas de nossos cargos na diretoria e na mesa do conselho) e eleições gerais serem convocadas antecipadamente para que possamos unificar, a partir do conselho, as dissidências e projetar o futuro levando em conta: (1) a experiência, acumulada em nossa história, e (2) a juventude cuja energia contém a semente da necessária mudança.
É como penso, é o que apresento às críticas e ao debate, afinal:
“(…)
Vamos precisar de todo mundo
Um mais um é sempre mais que dois
Pra melhor juntar as nossas forças
É só repartir melhor o pão
Recriar o paraíso agora
Para merecer quem vem depois
(…)”
______________________
Pedro Benedito Maciel Neto, Conselheiro Eleito e Vice-Presidente do Conselho Deliberativo da AAPP.

20 Comentários

  1. Sr Pedro, boa tarde!

    Seu pronunciamento é bonito, digamos no papel. O Sr como Vice presidente do concelho tem como obrigação a resposta de todas as solicitações sobre informações protocoladas neste conselho.

    Comece essa mudança pelas sua atitudes, faça, não só como Vice Presidente do Conselho, mas como torcedores apaixonado pela instituição Ponte Preta.

    Caso contrário será pura hipocrisia seu pronunciamento, sentimento falso e uma situação que o Sr também colaborou faz parte.

    Tudo pela Ponte, Nada da Ponte.

    • Sr Paulo boa tarde!

      Nas atribuições do vice-presidente do CD não está a obrigação de responder ” todas as solicitações sobre informações protocoladas neste conselho”.

      Aqui o senhor pode conferir o artigo 38º do estatuto: https://pontepreta.com.br/images/2015_10_21_ESTATUTOSOCIAL_Registron569981RCPJ.pdf

      De fato, apoiei a eleição do Márcio DelaVolpe, votei no Vanderlei e no Abdalla e apoiei sua substituição do Abdalla, antes eu não estava no CD, mas não esqueça que o conselho deliberativo é um COLEGIADO.

      Mas como eu escrevi é momento de união.

      abs

      • Sr Pedro, com todo o meu respeito, mas a sua resposta chega a ser hipócrita.
        “”Quando queremos mudanças, temos que fazer exatamente diferente do que é feito, pois se corre o risco de colher os mesmos resultados”.
        Faça a diferença, ou seja comece a fazer a mudança e responda todas as solicitações. Caso contrario, não mencione mais as palavras mudança e união. Sua resposta sinaliza exatamente o inverso. “Continuidade e desunião”.

        Aproveita a sugestão do Marcelo macaco e renuncie ao cargo, seja exatamente a mudança a começar por si só.

        • Paulo boa noite!

          A minha carta de renuncia à mesa do conselho está pronta faz algumas semanas, alguns amigos meus, conselheiros ou não apoiam e outros não, por isso ainda não protocolei…
          Meu desejo e que novas eleições aconteçam e que o novo conselho represente proporcionalmente todos os grupos, que tenhamos uma diretoria conectada no conceito do profissionalismo e da transparência.
          E que fique claro: NÃO TENHO NENHUM DESEJO DE SER DIRETOR, E NÃO SEREI. MEU COMPROMISSO É COM O CONSELHO E COM A MODERNIDADE DA GESTÃO.
          Abraço

          e.t. se quiser podemos tomar um café, assim que a quarentena do COVID-19, meu fone é 32133005

  2. Até quando vamos ter que aguentar Gustavo Bueno e Tiãozinho Comunista Corinthiano administrando a nossa Ponte Preta. Queremos a renúncia urgente dos dois. Conseguiram derrubar o time em 2017 e irão conseguir novamente em 2019. Um absurdo bancar Gilson Kleina retranqueiro em 2020. Eleições já. Fora Tiãozinho !!! Fora Gustavo Bueno !!! Queremos Mario Ponte Preta para presidente !!!

  3. A mudança deve começar pela sua
    RENÚNCIA

    CARO CAUSÍDICO
    DR PEDRO MACIEL

    Venho aqui expor toda a minha indignação, pelo texto,
    O respeito como cidadão de bem, homem de caráter ilibado e renomado advogado,
    Porém, não acredito como o Dr,tem a cara de pau de escrever esse texto,vejamos:
    O Dr, fala de mudança,a primeira mudança deveria ser sua renúncia, pois se fizermos uma eleição com Pontepretanos de verdade, não os funcionários do Carnielli e Vanderlei Pereira, esse último nem torcedor da ponte é, se tivermos 10 candidatos a presidência ou vice da mesa, o Dr, ficaria em décimo primeiro, o Dr sempre foi um ilustre desconhecido na Ponte, Assim como Dr Tagino e Dr Rachid, vcs ganhar de presente de Sérgio Carnielli ,a mesa do conselho,
    O Dr, espero que não acredita que nós verdadeiros Pontepretanos, podemos sequer pensar, que esse conselho é formado por Pontepretanos, até a imprensa sabe que não, veja o texto de André Gonçalves,
    Outra coisa que todo mundo sabe, é que tudo que ocorre na ponte nos últimos 15 anos, é sob o comando de Sérgio Carnielli, e de seu Braço direito,Vanderlei Pereira, ou pensa que não sabemos que a parte financeira é feita no Pet shop,
    O Dr, já está a quase 2 1/2 anos, na mesa diretora, nesse período:
    Ofícios, foram encaminhados, e nenhum teve resposta, ex:
    Pedido de Expulsão do Sr Sérgio,
    Pedidos de cópias de balanços na condição analítica,
    Pedidos de contratos de vendas de jogadores
    Pedido de abertura de procedimentos administrativos, para averiguar infração estatutária, ato a usar outras cores nos uniformes, bem como retirada da faixa,
    Pedido de verificação, de gestão temerárias, principalmente, a de 2017 que resultou em quase 20 milhões de ações trabalhistas,
    Caso Erick, que o Dr mesmo denunciou, (acho que acabou em pizza), e olha que derrubou o único presidente que provou ser possível viver sem o SÉRGIO,
    Na última eleição , caso dos ônibus com sindicalista para bater em associados
    Ofício para abertura de comissão para verificar os 50 conselheiros enxertados por Carnielli para votar a sua vontade,
    O fechamento por longo período das Paineiras,
    Nomeações de assessorias , onde o cidadão vira diretor de manhã, e passa somente a assessor a noite,
    E muitos outros requerimentos,
    QUAIS SOLUÇÕES SUA MESA DIRETORA DEU PARA OS NOBRES E VERDADEIROS CONSELHEIROS,
    NENHUMA,
    OU SEJA PROVA QUE ESSE CONSELHO ATENDE SÓ OS PEDIDOS DE SÉRGIO CARNIELLI,
    Eleição agora pra que, Para Sérgio usar seus funcionários e ganhar de novo, não ,na próxima eleição normal nós Pontepretanos teremos um Juiz de Direito, Pontepretano de alma, que fará frente a Carnielli, irá vencer e promete uma devassa na Ponte,
    Se o DR, Realmente acompanhasse a tempo a Ponte, saberia todos os malefícios ,que Sérgio nós causou,
    Como disse, já com minhas desculpas se me excedi ,
    Se o Dr for realmente for Pontepretano, RENUNCIE, venha ao nosso lado, comece a enaltecer a INSTITUIÇÃO, e não a um pseudo MECENAS que tanto mal nos causou

    Cordiais saudações,
    De um Pontepretano de alma,
    Que venera o Clube

    E não uma pseudo
    Santidade

    • Saudações Senhor Marcelo Macaco,

      Nesse período que vc cita eu presidi o conselho por pouco mais de vinte (20) dias, respondo por esse período e, creia, lamentavelmente vc tem razão: há requerimentos que eu firmei ainda sem resposta, seja pelo Abdalla, seja pelo Tiãozinho.

      Mas fiquei com uma dúvida… Vc é contra eleições gerais antecipadas?

      saudações pontepretanas,

      Pedro Maciel

      e.t. sou apenas um ser humano, erro e acerto, não confunda a boa educação que recebi dos meus pais com a busca de santidade, pois estou longe dessa condição, aliás, todos nós estamos bem longe da santidade.

  4. Caro Dr Pedro Maciel,

    Se nenhum dos atuais cargos eletivos (13)

    Sem Sérgio Carnielli, sem Vanderlei Pereira,
    Sem Márcio dela Volpe,
    Sem nenhum ex funcionário ou parente de Sérgio Carnielli,
    Sem os 50 conselheiros que receberam título de benemérito do Carnielli em 98/99,
    Desde que o Sr proponha uma sindicância nas gestões de Vanderlei Pereira , Abdala e tiaozinho,
    E desde que os 120 torcedores da organizada que foram incluídos por Carnielli,
    Ou seja se a eleição for somente para Pontepretanos
    Sou a favor
    Mas lembre se , Carnielli não deverá nem votar

    • Marcelo Macaco bom dia!

      Os cargos eletivos são:

      no CONSELHO: PRESIDENTE, VICE, 1º e 2º SECRETÁRIOS
      na DIRETORIA EXECUTIVA: Presidente, 1º e 2º vices.
      e no CONSELHO FISCAL: 3 membros.

      Quem elege é o Colegiado do Conselho.

      São portanto 10 e não 13, salvo engano;os demais diretores são NOMEADOS pelo presidente da diretoria.

      abs

  5. Estou pasmo!!!…
    Acabei de ler o texto do senhor Pedro Benedito Maciel Neto, publicado no Só Dérbi, não sei em que dia, e muito menos, para qual finalidade…

    Pasmo, porque o possível nobre da cidade de Campinas, apesar de que, ser um Neto, não diz muita coisa… Não, não vejo tal nome, e tal sobrenome, como interessante das famílias tradicionais de Campinas…

    Pasmo, porque o dito cidadão, pelo que me informaram, doutor em causas jurídicas, fala como se fosse um nome na história da nossa Ponte Preta… Fala, ou vai e volta, num raciocinio de quem não consegue pensar com lógica… Fala, ou vai e vem, assim mesmo, sem a menor noção das denominações, que compõem a estrutura de um Clube… Sua fala não demonstra conhecimento da teoria, e muito menos, da história de nossa Nega Véia…

    E o tal Dr. em causas jurídicas, que supostamente, deveria ter uma intuição da função, ter sentido o cheiro de coisas erradas, e sérias, como a falta de explicação, ou se preferirem, a transparência no trato das contabilidades de nossa Macaca, mas ele prefere endeusar o personagem malandro, dizendo que ele SALVOU a nossa Veterana, por várias vezes…

    Mentira!!!…

    Ao Dr. em causas jurídicas, eu digo que um Lauro de Moraes Filho, sim, salvou a nossa Ponte Preta… Outros lutaram com todas as suas forças, para nos darem a Ponte Preta dos sonhos do torcedor… Cada um dentro de suas possibilidades, nenhum deles teve a necessidade de se apoiar em uma ideologia politica, e usar de suas práticas, para fazer valer o seu amor maior, pela nossa Nega Véia… Cada um deles, não precisou usar da lavagem cerebral, muito menos da mentira…

    Afirmo essa situação, já pelo início de tal gestão, que foi na base do grito, de uma pressão filho da puta, para ganhar o cargo de Presidente… E Nivaldo Baldo estava mudando toda uma história de nossa Macaca…

    Enfim…

    Devo dizer que me senti muito mal lendo tal texto, porque ele mostra uma tentativa de ser retórico, mostra uma tentativa de ser um discurso profundo, cheio de conhecimento, com o uso de tantas denominações… Ledo engano… Esse é o discurso vazio, de quem não tem o que dizer… É um discurso que pega os desavisados, por uma falsa beleza, e mais ainda, por um pseudo amor à nossa Veterana…

    Cansado dessa situação caótica, cheia de seres alienígenas, e que para piorar a história, sem nenhum conhecimento do esporte em questão: o futebol… Mas por isso mesmo, que o planejamento, é o não planejamento… O caos, a vergonha, as mutretagens, é característica de um Clube apenas como fachada… Vão fazer de um Clube amada no mundo, e com uma torcida que é uma NAÇÃO, unzinho para realizar todo tipo de negociação…

    É lamentável!!!…

    Não teria um mínimo de prazer em conhecê-lo, senhor Pedro Benedito Maciel Neto… Aqui, quem vos fala, é Joaquim Antonio Brandão de Toledo, conhecido como Joaquim Brandão, aquele que prometeu derrubar essa gestão, que prometeu desmontar essa era das Sombras, só com textos… Essa é minha arma…

    É isso…

    • Prezado senhor Joaquim Brandão,

      Me desculpe se minha ideias o fizeram sentir-se mal.
      Minha proposta é a de construção e não de destruição; minha ideia é encontrar o consenso e recuperar o respeito entre as pessoas.
      E fica um registro esse “o tal Dr.” de fato não pertence a “famílias tradicionais” da cidade, mas pelo lado do meu pai: meu bisavô Antonio Menon (um colono simples da fazenda Santa Elisa), trabalhou nos mutirões da construção do Majestoso; meu avô Pedro Maciel (um simples funcionário do IAC) doou vários milheiros de tijolos para a construção e meu pai (um simples feirante) nos legou o amor pela PONTE.
      De fato, não sou de uma família “tradicional” no sentido econômico, mas estamos em Campinas desde 1886 com o nascimento do meu bisavô Antonio e trabalhamos.
      Procuro tratar todos com respeito, aprendi assim.

      saudações pontepretanas

  6. Sr Pedro Maciel, realmente fico estarrecido com a sua fala, pois não tenho como entender tamanha confusão em seu texto.
    1-descreve claramente o fracasso desta gloriosa agremiação futebolística em 2013 e 2017 onde neste ano quem era o majoritário da executiva (Vanderlei Pereira), o magnífico administrador que além de ter o maior orçamento na HISTÓRIA do clube, foi rebaixado e acumulou um caminhão de ações trabalhistas, além de fechar a unidade Paineiras sem titubiar.
    2- salvo engano em 2013 o vice era Sebastião Arcanjo e participou ativamente no rebaixamento também.
    Agora escrever que a diretoria atual na Ponte Preta é fraca para não ser interpretado mal, como explicar tudo isso, erraram e estão errando, por quê e para quê?
    Em 2010 o Sr surgiu na ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PONTE PRETA quem o indicou para o conselho?
    Em fase de todo esse desmonte do Clube o que o Sr fez ou fará para conter essa catástrofe interna.
    Aliás quando o Sr cita o diretor de marketing anterior por mal conduta o que fizeram, apenas arquivaram o caso outro ERRO.
    O Sr mesmo escreve temos que trazer o torcedor ao MAJESTOSO, então pra quê construir arena, se o futebol é um movimento de massa olhe para torcida da Ponte e lembre-se que ela é composta em sua maioria por pessoas humildes.
    Como escrever em ser verdadeiro com os conselheiros e torcedores se não respondem requerimentos protocolados pelos mesmos, sobre contratos de vendas de jogadores qual valor negociado parte referente a ENTIDADE CLUBE e como foi feito o repasse, vou te dar um exemplo com ter um contrato de intenção de venda do estádio se ele é patrimônio da torcida ao qual a mesmo o construiu.
    Por fim tentar fazer uma manobra para eleger de forma rápida o Sr SÉRGIO CARNIELLI e assim perpétua-lo no poder é no mínimo aceitar todas as ordens do reizinho, que desde 1997 dita as regras e falas dentro dos bastidores da Ponte Preta mesmo quando esteve afastado e isto o Sr como advogado e vice presidente do CD nada fez para cumprir a LEI.
    Só para finalizar e não continuar a chover no molhado aceitem os erros e saiam da diretoria e deixem quem quer assumir e tornar a PONTE PRETA GIGANTE.

    • Prezado Ricardo9 boa noite!

      Eu não sou, nem nunca fui diretor.
      Sou conselheiro eleito.
      Minhas ideias estão no artigo.
      Só não entendi uma coisa: o senhor é contra eleições gerais?

      Uma correção: são “surgi” na PONTE PRETA em 2010… Sou torcedor da macaca, assim como meu pai, avô e bisavô, assim como os meus filhos. Eu me tornei conselheiro contribuinte em 2010 pelas mãos do conselheiro Paulo Galhardi.

      saudações pontepretanas

  7. Caro Dr.Pedro Maciel

    Penso que em alguns momentos,o Dr.subjulga,a minha inteligência e a dos demais Pontepretanos.
    Lendo a resposta aos meus comentários, e as dos demais Pontepretanos;
    Vejamos:
    O Dr. fala em 10 cargos eletivos,na verdade são 13,o Dr. esqueceu dos 3 membros suplentes do conselho fiscal(art.49 do estatuto social)
    Qtos ao Att 38 ,que o Dr. Citou para o Paulo, devo lembra lo do (art.96 itens I e II, do E social)
    E do (ART.24 ,parar.3 do profut)
    Agora nobre Advogado,quero expor meus pensamentos.
    Eu fiz colocações,que o DR, sempresaindo se furta a responder,,lhe indago dos 50 conselheiros que receberam o título de sócio benemérito,para poderem se tornarem natos e assim votarem, sempre a vontade de Carnielli,inclusive com carta com firma reconhecida, onde o conselheiro se diz obrigado a votar a gosto de SC, existe requerimento tratando desse fato ,colocado a mesa diretora do conselho, recentemente,onde os conselheiros pedem que se declare esses 50, sob suspeição, e que se forme comissão de Pontepretanos para investigar e se necessário for punir com a expulsão,sei que o Dr não e o presidente, mas poderia encaminhar oficio ao Dr Tagino e pedir providências
    Mas como eu disse o Dr se furta a falar dessas irregularidades, assim como dos quase 20 milhões de ações que tiveram origem no mandato de Vanderlei,Giovani, Hélio (findo 2017)
    Como o Dr se senti sendo aclamado por um conselho que é formado na maioria de pessoas que nem torcem para Ponte, e votam por obrigação,para atender os anseios de Sérgio Carnielli,
    Seu secretário de mesa é Torcedor do Cruzeiro, o presidente da ponte torce para o Corinthians, o que pensa disso tudo,
    Em alguma resposta o Dr, Falou em carta renuncia, não faça isso, fique e enfrente esse povo, faça com que eles cumpram o Estatuto Social, o Profut,a lei Pelé e o CPC, expulse àqueles que não torcem para Ponte ,do Conselho,ou pelo menos proponha,
    O Dr já se mostrou contrário a continuidade do Sebastião Arcanjo,haja visto que propõe antecipação de eleições,mas isso só vai ajudar a Carnielli, sendo contra Sebastião proponha a renúncia dele, e se Kazuo tbm o fizer, eleições para o término de mandato, que é o que manda o Estatuto Social
    Com o pedido dessas pequenas situações, O Dr . Começará a ganhar credibilidade como Pontepretanos
    Outra coisa ,o TUDO pela PONTE, não é grupo político, o que queremos, é que se tenha Pontepretanos no conselho e na direção dos órgãos Estatutários, e que o Sr Sérgio deixe a ponte e que se encontre uma forma de paga lo, mas após uma auditoria JUDICIAL,
    ABDALA PROVOU QUE NÃO PRECISAMOS DE SC
    Para finalizar uma lembrança para o Dr, para ser presidente do conselho, deveria ser por meritocracia, e hoje quem a tem é o Sr, agora o Dr, não é ,pq SC não gosta de pessoas inteligentes nos principais cargos eletivos, muito menos ao lado dele

    Um alvinegro abraço

    Marcelo Macaco

    • Marcelo Macaco, eu não me furto a nada.
      Sou pontepretano, quero o melhor que eu posso fazer pra PONTE.
      Se eu posso fazer alguma coisa eu faço se não posso digo que não posso.
      Eu não sou nada, nem ninguém na Ponte… Sou um torcedor que foi levado ao Conselho pelo Paulo Gualhardi, só isso.
      E repito para vc o que eu disse ao Paulo: a minha carta de renuncia à mesa do conselho está pronta faz algumas semanas, alguns amigos meus, conselheiros ou não, apoiam e outros não, por isso ainda não protocolei…
      Meu desejo e que novas eleições aconteçam e que o novo conselho represente proporcionalmente todos os grupos, que tenhamos uma diretoria conectada no conceito do profissionalismo e da transparência.
      E que fique claro: NÃO TENHO NENHUM DESEJO DE SER DIRETOR E NÃO SEREI. MEU COMPROMISSO É COM O CONSELHO E COM A MODERNIDADE DA GESTÃO.
      Abraço

      e.t. se quiser podemos tomar um café, assim que a quarentena do COVID-19, meu fone é 32133005

  8. Dr Pedro Maciel, acabei esquecendo,o Dr respondeu para o Paulo que votou no Márcio Della Volpe, para presidente, cabe informa lo que Della Volpe nunca foi candidato e sim Carnielli que ganhou mais uma vez com os votos dos funcionários, mas quem assumiu foi o 1 vice Della Volpe, Mais uma vez obrigado Colegiado infringiu O ESTATUTO

    • Caro Marcelo Macaco boa tarde!

      Eu escrevi: “apoiei a eleição do Márcio DelaVolpe, votei no Vanderlei e no Abdalla e apoiei sua substituição do Abdalla”; eu disse que APOIEI o Márcio, não que votei no Márcio….

      abs

  9. E POR FALAR EM PONTE PRETA

    RESPOSTA AO ILUSTRE DR. EM CAUSAS, PEDRO BENEDITO MACIEL NETO…

    Hoje amanheci melhor… O ontem foi complicado… Explico porque: desde sempre, venho levando uma vida loka… Quando criança, achava que ia ser santo, na mocidade, achei o mundo loko muito legal e cai de cabeça…

    Mas aquele que nasce pro bem, é resgatado nem que também seja na base do Loko… Depois de perder um companheiro de projeto, de trabalho, da forma mais loka possível, comecei a ser resgatado de uma forma totalmente loka…

    Depois de ser colocado em lugar seguro, ter um tumor arrancado, um quase infarto me pego numa esquina, fui posto em mãos seguras e tenho a chance de ficar isolado e quieto, num baita oportunidade de andar por mim mesmo e me reinventar…

    Mas como sou de Campinas e Ponte doente, como todo Pontepretano, sou convocado para defender a nossa Nega Véia, em determinados momentos… Ontem eu não estava tão bem, me faltava disposição… Hoje, estou repleto, cheio e louco pra mandar pau…

    Então, bora lá…

    Senhor Pedro Benedito Maciel Neto, minha família também colocou a mão na massa, na construção do Moisés… É minha avó Anita, olhava de uma janela dos fundos de sua casa, aquele que seria denominado de Majestoso subir…

    Bem, tenho que dizer que ganho do senhor num ponto… Ou num quesito… Minha família faz parte da nobreza da cidade de Campinas… Não em dinheiro, mas em nome… Queira ou não, esse ponto ou quesito, é uma questão importantíssima… Como o senhor, um Dr. em causas diria: é materialidade… E ponto… E zefini…

    Agora, preste atenção… Tenho uma pergunta pra fazer: quem manda na nossa Ponte Preta, nos dias de hoje???… É o senhor, TIÃOZINHO ou o Sombra???… Porque o senhor Dr. quer antecipar as eleições, o que vai contra o fato de termos uma gestão em andamento, e nessa, Tiãozinho é o atingido, mas o Sombra pode ser o favorecido… Responde essa, por favor…

    E sem esperar sua resposta, porque tenho a certeza, de que será outra enrolação a favor do Sombra, digo que, se o senhor for mesmo um Dr. em causas, saberá e respeitará, o documento que dá o Norte à nossa Macaca: o seu ESTATUTO… Portanto, siga o ESTATUTO…

    E para finalizar, faço uma sugestão: antes de chamar uma antecipação das eleições, se o senhor for um Dr. em causas de verdade, chamará uma AUDITORIA TOTAL, GERAL, IRRESTRITA e INDEPENDENTE… O Dr. em causas, deve concordar, que tem muita coisa obscura na nossa Ponte Preta… O caos está instalado… Foram 23 anos de desmandos na nossa Ponte Preta…

    Portanto, senhor Dr. em causas, seja um Pontepretano de verdade, por favor…

    É isso…

    Grande abraço à todos…

    Saudações Pontepretanas…

    • Joaquim Brandão, o que defendo, e defenderei sempre é o que que tenho escrito e publicado: qcredito que todas as pessoas são boas e que dão o seu melhor, mas é tempo de profissionalizar nossa Nêga Véia.
      Por isso é, a meu juízo, chegado o momento de todos nós abrirmos mão de nossas vaidades e orgulhos (junto com elas de nossos cargos na diretoria e na mesa do conselho) e eleições gerais serem convocadas antecipadamente para que possamos unificar, a partir do conselho, as dissidências e projetar o futuro levando em conta, ou seja, o que proponho é uma chapa única que contemple TODOS os grupos na proporção de sua representatividade; devemos levar em conta a experiência, acumulada em nossa história e somar a ela a juventude cuja energia contém a semente da necessária mudança.
      É como penso.

      abraço

Deixe Um Comentário