Especial: no período de 1997-2019, Ponte Preta têm vantagem sobre Guarani no Paulistão

1
843 views

Os acontecimentos do final do Século 20 e inicio do novo milênio foram decisivos para que Guarani e Ponte Preta mudassem suas posições neste dérbi histórico no Campeonato Paulista. Algumas fatores foram decisivos e construíram um aproveitamento expressivo por parte da Macaca e decepcionante por parte do Alviverde.

A Macaca, por exemplo, disputou todas as edições do Paulistão a partir de 2000 e alcançou as finais de 2008 e 2017, além de disputar as semifinais de 2001 e 2012. O Guarani, por sua vez, amargou três  rebaixamentos, em 2001, 2006 e o ultimo em 2013. Na década iniciada em 2011, o Alviverde disputou as edições de 2012, 2013 e em 2019.

Os reflexos são sentidos nos números. De 1997 até 2019, a Ponte Preta disputou 357 jogos, com 150 vitórias, 97 empates e 110 derrotas. O aproveitamento ficou em 51,07% dos pontos disputados.  Em contrapartida, o Guarani entrou em campo 259 vezes na divisão de elite do Paulistão com 80 vitórias, 68 empates e 111 derrotas. O aproveitamento ficou em 39,63%.

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Sempre parcial, não fala que o guarani disputou finais.

    O resultado depende do ponto de vista, o guarani disputou muito mais jogos, logo ou ficou mais tempo na 1 divisão ou disputou o campeonato em formatos diferentes, onde tinham mais jogos e mais time, logo o aproveitamento e relativo.

Deixe Um Comentário