sábado , 15 dezembro 2018
Home / Destaque / Ivan apoia sequência para Chamusca na Ponte e revela pensamento a curto prazo

Ivan apoia sequência para Chamusca na Ponte e revela pensamento a curto prazo

Apesar da curta experiência, Ivan é um dos principais porta-vozes da Ponte Preta em momentos de dificuldades. O goleiro, símbolo de regularidade ao longo da temporada, defendeu tempo para Marcelo Chamusca na tentativa de que o elenco assimile as ideias táticas da nova comissão técnica na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro.

“A gente teve uma semana para tentar absorver o que ele quer passar. Houve uma evolução, mas precismos melhorar para os resultados positivos comecem a aparecer. O trabalho vem sendo bem feito. Precisamos assimilar um pouco mais as ideias e teremos grande confronto contra o Goiás. Está faltando uma vitória para a gente embalar de novo”, declarou o camisa 1.

Com um gol em seis jogos – Danilo Barcelos marcou de pênalti no empate com o Vila Nova – e jejum superior a um mês sem vitórias, Ivan acredita que o problema esteja no setor de frente. “Estamos criando bastantes oportunidades, mas o que está faltando é bola na rede. Às vezes, é questão de detalhe e ter mais calma quando estiver cara a cara com o goleiro. Se caprichar um pouco mais, podemos sair com a vitória. A rapaziada está se doando ao máximo e vontade não está faltando”, garantiu.

Sete pontos atrás em relação ao Atlético-GO, primeiro integrante do grupo de acesso, a Ponte Preta tem, por enquanto, remotas possibilidades de retornar à elite (3.5%). Apesar da matemática não empolgar, o arqueiro evita projeções e revela pensamento a cada rodada. “Se a gente focar lá na frente, não ganhamos o próximo jogo. O nosso plantel trabalha ainda com essa possibilidade. Já provamos que podemos rendar mais em outros momentos do campeonato”, encerrou.

Clique aqui e veja mais notícias da Alvinegra.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa)

Veja Também

Uma pergunta que não quer calar: Abdalla administra para Ponte Preta ou Vanderlei Pereira? Entenda os motivos.

Na atual temporada, a Ponte Preta viveu um constante terremoto político. Sérgio Carnielli entrou em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *