Novo ano, desafios maiores: o Guarani poderá conquistar seus sonhos em 2022?

0
447 views

O Guarani está em processo de reformulação. Pensa em contratações e renovações de contrato. A torcida sonha com um goleiro confiável, um atacante capaz de marcar muitos gols e o avanço em relação as campanhas feitas em 2021. Ou seja, participação, no minimo, de uma semifinal de Campeonato Paulista e G-4 do Campeonato Brasileiro.

Tudo isso praticamente com o mesmo orçamento, estrutura e gestor de futebol. Pense também que o dinheiro excedente só tem um canal de obtenção: a participação na Copa do Brasil. Quanto mais avançar na competição, mais recursos entrarão no caixa do clube.

Agora, convenhamos: a conjuntura será outra. A Série B terá outros concorrentes locais – Ituano e Novorizontino- e a própria competição nacional terá um grau de dificuldade maior com a participação de Grêmio,Bahia, Vasco e Cruzeiro.

É para jogar a toalha? Nada disso. Mas é preciso ter consciência de dois fatores: o primeiro é que a margem de erro será menor. Dificil acreditar que o Guarani some 60 pontos na Série B em 2022 com dois goleiros erráticos e instáveis. Ou seja, se quiser repetir, no minimo, o desempenho de 2021, terá que jogar mais bola.

Para terminar, o principal: o clube não poderá ir contra sua torcida ou recriminar suas reclamações. Se quiser algo excedente em termos de conquista, a arquibancada será o 12º jogador. Sem tal requisito, o fracasso é logo ali.

(Elias Aredes Junior- foto de Thomaz Marostegan- Guarani F.C)