Oeste 1 x 1 Guarani: falhas e queda de produção em um jogo que poderia ser melhor

1
947 views

Em partida marcada por intensa disputa e falhas dos goleiros, o Guarani não sai de um empate por 1 a 1 com Oeste, em jogo realizado na noite de sexta-feira, dia 07, na Arena Barueri e válido pelo Campeonato Paulista. O resultado deixou o Alviverde com oito pontos e provisoriamente na liderança do Grupo D. O próximo desafio será no sábado, dia 15, contra o Novorizontino, no Brinco de Ouro.

Futebol é decidido em detalhes. Quem nunca ouviu esse conceito? O resultado prático foi verificado na Arena Barueri. Desde o primeiro minuto, o Guarani parecia fazer uma partida perfeita sob o ponto de vista tático e técnico. Sem a bola, marcava com eficiência e fechava os lados do campo ao ponto de deixar o Oeste sem saída. Bidu era o homem que iniciava a transição e quando estava impossibilitado, eis que surgia Igor Henrique.

Lucas Crispim era responsável em ocupar o lado direito enquanto que Lucas Abreu ficava mais preocupado em dar respaldo para Bidu.

Tudo azeitado por um toque de bola que impedia progressão do Oeste. A estratégia foi finalizada com o chute de Bibu que o goleiro Felipe Lacerda não segurou e deixou Rafael Costa tranquilo e em condições de abrir o placar.

Com a vantagem, o controle de bola foi intensificado e mesmo com o cerco na zona intermediária, o Guarani não tinha trabalho para pressionar. Eis que um acidente de trabalho surgiu no horizonte. Éder Sciola chutou cruzado e o goleiro Jeferson Paulino não segurou. E lamentou o gol de empate.

Segundo tempo e o panorama não muda. O Guarani domina mas falta um poder ofensivo mais efetivo e o Oeste quando tinha a bola ficava embaralhado com suas próprias limitações. Nem tudo era choro e ranger de dentes aos anfitriões. O meio-campo bugrino começou a perder rendimento físico e as ameaças de jogadas na grande área bugrina ficavam mais constantes.

Os instantes derradeiros foram de disputa e sem grandes emoções. Mas o torcedor bugrino ficou com a sensação de que o time é bem treinado e se as vezes os resultados não acontecem é tudo por causa das intempéries do futebol ou das próprias limitações do elenco. (Elias Aredes Junior com foto de Jefferson Vieira\Oeste F.C)

1 Comentário

  1. Caro Elias, bom comentario, parece que falta ao Guarani um armador de jogadas, talvez o Geovani, mas nao podemos contar so com ele pois em 5 jogos so esteve em 2. Acho q o Carpini colocou o Lucas Abreu pra cobrir as descidas do Bidu, mas com isso deixou de ter um atacante ou armador. Faltou matar o jogo com mais 1 ou 2 gols, nao podemos fazer 1 x 0 e ficar torcendo para o jogo acabar.