Ponte Preta e Guarani devem gastar com salários na Série B o mesmo que o Fortaleza para ficar na divisão de elite

1
958 views

Durante a semana, o jornalista Mauro Cezar Pereira, dos Canais ESPN e blogueiro do Uol, divulgou um levantamento sobre a folha salarial dos clubes das Séries A, B e C, cujo inicio ocorrerá no mês que vem. Os valores são referentes apenas ao registro em carteira, sem a inclusão de direito de imagem. (confira aqui)

A reportagem do Só Dérbi foi checar as informações divulgadas com dirigentes dos dois clubes campineiros e pelo menos ficou a impressão de que tanto bugrinos como pontepretanos querem fazer muito com pouco.

Na Ponte Preta, ao levar em conta a quitação dos direitos de imagem e os salários na carteira de trabalho, a folha salarial fica em aproximadamente R$ 900 mil mensais. Por enquanto, a intenção dos dirigentes pontepretanos é trabalhar com tal orçamento até o final da Série B, o que ficaria próximo do Coritiba, dono da maior folha da competição, com salários de R$ 1,1 milhão ao se levar conta apenas a quantia paga em CLT.

No Guarani, o presidente Palmeron Mendes Filho confirmou que a folha de pagamento ficará na faixa de R$ 520 mil mensais. “São Bento, Botafogo e Oeste tem folhas salariais superiores a do Guarani. Figueirense e Criciuma também. Muito superiores”, assegura o dirigente.

No total, ao somar a folha de pagamento dos dois clubes campineiro dá quase o total dos gastos do Fortaleza com jogadores e que ficará em R$ 1,5 milhão.

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Elias, gostaria de estar equivocado, mas o real problema dos clubes campineiros não é dinheiro é a incompetência de seus dirigentes em gerir o futebol. Todos eles já demonstraram ser péssimos gestores financeiros e de recursos humanos no que tange gestão na área de futebol, poderia ficar aqui citando dezenas de exemplos das coisas amadoras que fizeram nesses últimos 20 anos ou mais.

    Poder-se-ia dar 100 milhões até 1 bilhão nas mãos desses dirigentes das equipes campineiras e com toda certeza todos vão contratar as mesmas comissões técnicas e os mesmos pés de rato, ao final gastarão todo dinheiro e obterão os mesmos resultados.

Deixe Um Comentário