Ponte Preta luta no gramado mas perde para o Santos na Vila Belmiro

0
566 views

Apesar da luta e da dedicação, a Ponte Preta perdeu do Santos por 3 a 1, em jogo realizado neste sábado na Vila Belmiro e válido pelo Campeonato Brasileiro. Com este resultado, a Alvinegra continua com 23 pontos e perdeu a chance de aproximar-se do grupo de classificação. O próximo desafio será no domingo, às 11 horas, contra o Internacional, no Estádio Moisés Lucarelli.

Não há enfrentar o Santos sem buscar o ataque. A Macaca teve consciência do quadro e colocou Clayson no lado esquerdo e Wendel, Maycon e Matheus Jesus tinham liberdade para coordenar as ações do ataque. Mas existia um empecilho: a defesa santista exibia bom posicionamento e com isso as cartas eram dadas por Lucas Lima, Vitor Bueno e Gabi Bueno, com intensa movimentação, o que fragilizava os zagueiros, apesar da boa atuação de Douglas Grolli.

Neste contexto, a bola parada virou solução aos 21 minutos. Em cobrança de Gustavo Henrique, a bola bateu na trave e no rebote Victor Ferraz conferiu.

O gol parece ter acordado a Ponte Preta. Os volantes melhoraram o posicionamento, adiantaram a marcação e passaram a trocar passes e acionar Clayson, eficiente na construção de jogadas individuais e que deixavam a defesa santista em apuros. Aos 39min, Clayson preparou a jogada e Reinaldo chutou fora. Três minutos depois, Nino Paraíba cruzou, Pottker dominou dentro da área e chutou cruzado. Vanderlei defendeu e depois Gustavo Henrique afastou.

Veio o segundo tempo e Felipe Menezes entrou para melhorar o sistema de criação. O anfitrião parecia encurralado até que o segundo gol quase surgiu aos 08min, quando Gabriel surgiu sozinho, entrou na área e viu João Carlos defender. No minuto seguinte, não teve jeito: Gabigol acionou Ricardo Oliveira e o centroavante cruza rasteiro e o beque Douglas Grolli vacilou e Vitor Bueno, com o gol vazio ampliou.

A Macaca não desistiu, pressionou perdeu gols com Clayson e Roger e tomou o terceiro

aos 27min. Thaigo Maia executou bela jogada pelo lado direito e cruzou rasteiro. Ricardo Oliveira divide com o zagueiro e o goleiro e a bola sobra para Gabriel, que fez o terceiro.

No final, a Ponte Preta diminuiu. Rhayner fez boa jogada e rolou para Roger, que deu números finais ao confronto.

 

FICHA DO JOGO

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima (Elano); Vitor Bueno, Gabriel (Vecchio) e Ricardo Oliveira (Rodrigão). Técnico: Dorival Junior

PONTE PRETA

João Carlos; Nino, Fabio Ferreira, Grolli e Reinaldo; Wendel; Maycon e Matheus Jesus (Felipe Menezes); Clayson (Giva), Pottker (Roger) e Rhayner. Técnico: Eduardo Baptista

Gols: Victor Ferraz aos 21 minutos do primeiro tempo; Vitor Bueno aos 09minutos e Gabriel aos 27 minutos e Roger aos 39 minutos do segundo tempo

Renda:R$ 364.360

Público: 11.979

Cartões Amarelos: Wendell, William Pottker, Wendel, Zeca

Juiz: Marielson Alves Silva

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos