Ponte Preta perde volante para o Ceará e prepara anúncio de reforço corintiano

6
763 views

A Ponte Preta perdeu a briga com o Ceará e não poderá contar com a presença de Naldo em 2018. Apesar da forte rejeição dos torcedores com o atleta, Eduardo Baptista pediu a permanência do volante e a diretoria negociou uma renovação com o Joinville, mas não obteve sucesso. O empresário de Naldo, Pedro Coca, confirmou o acerto.

“Só (falta) ajustarmos algumas coisas no Joinville, pois o clube tem débito com jogador. Com o Ceará está tudo certo”, disse Coca em entrevista o portal O Povo.

Naldo foi contratado pela Ponte Preta no início da temporada por empréstimo de 12 meses. Foi utilizado principalmente na Série A atuando como primeiro volante. Foram 37 jogos com a camisa alvinegra com duas expulsões e dois gols marcados – diante de Chapecoense e Santos, pelo Campeonato Brasileiro.. A Macaca tinha expectativa de renovar com o atleta, mas o JEC pediu uma compensação financeira para liberação, o que não agradou ao time campineiro, mas foi realizado pelo Ceará.

Agora, a expectativa no Majestoso é pelo anúncio do corintiano Marciel, que pode ocorrer ainda nesta terça-feira. João Victor, Ronaldo, Jorge Mendoza e Marquinhos já estão confirmados para a posição.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento)

6 Comentários

  1. Henrique Almeida na AAPP? O cara foi artilheiro do Brasileirão por uma equipe fraca, está super valorizado, tem mercado para ganhar ótimos salários. Não tem chances de ir para a AAPP. O esquema de vocês é contratar jogadores de nome em fim de carreira, como Borges, Sheik e outros.

  2. Você é tão ridículo que não entende nada de futebol.
    Ofensas isto é uma tribuna sobre opinar.
    Realmente a Ponte tem inúmeros problemas financeiros e o seu clube fala sério, venha debater com inteligência.
    Algo que você não possui.

  3. Comente alguma novidade positiva de seu Clube?
    Ahhh verdade Fumagali renovou que mais fale.
    Fernando Diniz terão paciência com o bom treineiro?
    Fale?????

  4. Piá roubou bancos, e foi punido como merecia. Dirigentes bugrinos (e de outros times também, talvez até do meu) roubaram empregados, jogadores, impostos, etc e ninguém foi punido.