Ponte Preta: poupar contra o Operário (PR)? Pense diferente: força total para buscar a classificação na Copa do Brasil

0
253 views

Para quem soube fazer a leitura adequada após o jogo com o América Mineiro, o técnico João Brigatti não descartou a hipótese de adotar um rodizio e poupar alguns atletas para o confronto de sábado, ás 19h, contra o Operário no Moisés Lucarelli.

Foi além: a ciência será a sua aliada na decisão. “A gente tem conversado muito com a fisiologia da Ponte Preta e com o Departamento Médico. Importante deixar registrado e já falei em outras vezes. Há atletas que tiveram situações, tipo o Zé Roberto, que sofreu Covid. O Osman veio em uma situação de uma lesão e de muito tempo inativo. Ele tem que ir entrando aos poucos na equipe e é o que nós estamos fazendo”, citou o treinador sobre atletas que voltaram ao gramado, mas com respaldo do departamento de fisiologia.

E Brigatti deu mais uma pista de que vai poupar atletas. “Eu sempre digo a vocês que no Campeonato Brasileiro e, principalmente, no mata-mata da Copa do Brasil precisa uma equipe com muita saúde e com muita disposição. São jogos fortes e jogos pesados. Você tem e necessita dessa saúde. A equipe da Ponte Preta tem a qualidade”, explicou.

O torcedor tem uma cabeça. Técnicos e jogadores outra. E os dirigentes precisam equilibrar a busca da excelência e o equilíbrio financeiro. Certamente já falaram para João Brigatti: o jogo da próxima terça-feira é fundamental. Uma desclassificação na Copa do Brasil vai gerar a perda de uma premiação de R$ 2,6 milhões brutos. Ou R$ 2,2 milhões livres de impostos.

Liderança da Série B? Se um provável time misto perder do “Fantasma” paranaense é logico que muitos vão ficar chateados e até revoltados com a perda da dianteira e até da presença do G-4. Mas o que será dito se perder a vaga na fase decisiva na Copa do Brasil.

A vida é feita de escolhas. Momentaneamente a Série B é essencial mas a premiação oferecida na Copa do Brasil é a estrada para uma sobrevivência mais tranquila. Todo esforço deve ser direcionado na busca desta vaga. E se perder? Ainda haverá tempo de recuperação na Série B. A Copa do Brasil é para “ontem”.

(Elias Aredes Junior- foto de Álvaro Junior-pontepress)