Uma análise sobre o Flamengo, seus pontos fortes e fraquezas antes do duelo com a Ponte Preta

0
468 views

Dono de uma cota de televisão de R$ 170 milhões anuais e com aproximadamente 32,5 milhões de torcedores no Brasil, o Flamengo por si só é um gigante que provoca respeito e temor nos adversários. Para sonhar efetivamente com uma vaga na Copa Libertadores de 2017, a Ponte Preta sabe de que derrubar o gigante em Cariacica é estágio fundamental. Duro é constatar o bom aproveitamento do rubro negro carioca diante das equipes com pagamento de cota na faixa de R$ 20 milhões a R$ 35 milhões, situação em que se encontra a Macaca.

Por enquanto, o Flamengo disputou 11 jogos contra essas equipes e colheu 8 vitórias, um empate e duas derrotas, com aproveitamento de 75,75%. Ao olhar de maneira pormenorizada, dá para chegar a conclusão de que existem brechas para paralisar a máquina comandada pelo armador  Diego e o centroavante Leandro Damião.

zericardo
Em 11 jogos contra equipes de médio porte, o aproveitamento do Flamengo, agora sob o comando de Zé Ricardo é de 75,75%. Brecha para a Macaca surpreender e faturar mais três pontos?

Basta dizer que, apesar da obtenção da vaga para a próxima fase da Copa Sul-Americana, o saldo colhido diante do Figueirense não é positivo, pois ao somar o Brasileirão e o torneio da Conmebol são duas derrotas e uma vitórias.

No turno inicial da competição, já com Zé Ricardo no banco de reservas, o Flamengo perdeu do Figueira no Orlando Scarpelli por 1 a 0 em jogo realizado no dia 12 de junho. Um mês depois, outro tropeço. Na abertura do returno, no dia 13 de agosto, o Flamengo perdeu no Recife para o Sport por 1 a 0.

Alguns podem alegar que os impasses surgiram para o Flamengo na condição de visitante. Porém, quem pode apontar uma casa definitiva para o Flamengo? Amanhã é em Cariacica, na rodada seguinte pode ser em Brasília e assim será enquanto o Maracanã não estiver disponível.

Resultado: apesar de ser o více-lider com 40 pontos, o Flamento é oitavo no ranking dos visitantes com 23 pontos somados em 33 disputados, um aproveitamento de 69,7%. O líder é o Palmeiras com 26 pontos somados e aproveitamento de 78,8% nas 11 partidas realizadas no Allianz Parque.

Quanto a Ponte Preta, seu desempenho como visitante é decepcionante com 9 pontos acumulados em 11 jogos. É o 12º no ranking e com aproveitamento de 27,3%. Flamengo e Palmeiras são os melhores visitantes com 17 pontos em 11 jogos e 51,5% de aproveitamento.

Por esses números a conclusão é fácil: o Flamengo é forte, com números equilibrados e até favorito para vencer. Mas se a Ponte Preta detectar suas limitações, jogar no limite e subverter as previsões, algo positivo pode ser colhido. A missão é a alvinegra campineira acreditar de que pode chegar longe, apesar dos obstáculos.

(texto, reportagem e análise de Elias Aredes Junior- Fotos da Assessoria de Comunicação do Flamengo)