domingo , 18 novembro 2018
Home / Destaque / Vadão prepara reformulação no time titular do Guarani; veja quem está ameaçado para sábado

Vadão prepara reformulação no time titular do Guarani; veja quem está ameaçado para sábado

A ausência de vitórias nos últimos sete jogos do Guarani na Série B deu um indicativo interessante do momento atual dos titulares da equipe. Para evitar sua pior sequência nos 202 jogos que comanda o Bugre, o técnico Vadão promoverá uma minirreformulação nos onze que iniciarão o jogo contra o Santa Cruz, sábado, no Brinco de Ouro.

Apenas os laterais Lenon e Gilton, além de Evandro e Bruno Nazário, não estão ameaçados de serem substitutos. Nem mesmo o capitão Fumagalli, artilheiro da equipe na competição com 4 gols, está a salvo de ficar no banco de reservas no final de semana. Aliado a quantidade de falhas na partida contra o Brasil de Pelotas na última rodada, Vadão ganhou opções. O departamento médico finalmente se esvaziou. Recém-contratado, Felipe Pará também está no BID e se torna uma remota opção para o sistema ofensivo.

Veja quem está ameaçado:

LEANDRO SANTOS
O goleiro não é unanimidade entre os torcedores e vem acumulando pequenas falhas nas últimas rodadas. O principalmente questionamento é sobre o baixo aproveitamento nas saídas. O titular deverá ser Vagner. Emprestado pelo Palmeiras, ele se destacou no primeiro semestre na meta do Mirassol, mas atuou em poucos minutos no Brinco de Ouro.

KEVIN
O jovem lateral foi relativamente bem no segundo tempo contra o Internacional no Brinco, mas quando foi utilizado como titular decepcionou em Pelotas. Também está na lista dos que falharam no gol de Lincom na última derrota bugrina. Ele deixará a equipe para a entrada de Bruno Nazário. Lenon voltará para a função de lateral.

GENILSON/LÉO RIGO
Léo Rigo não foi mal ao substituir Genilson na última rodada, mas ainda não convenceu a comissão técnica que pode brigar pela titularidade. A vaga será devolvida ao dono da posição Ewerton Páscoa, recuperado de lesão.

DIEGO JUSSANI
Vice-capitão, homem de confiança da comissão técnica e praticamente intocável desde a Série A2 do Campeonato Paulista. Mas depois de falhar contra Internacional e Brasil de Pelotas virou o principal alvo dos torcedores bugrinos. Deve perder a posição para Willian Rocha, também recuperado de lesão muscular.

BETINHO OU RICHARLYSON
A formação com três volantes não será repetida por Vadão contra o Santa Cruz. Com a volta de Bruno Nazário ao meio-campo e o retorno de Evandro, suspenso na última rodada, um terá que eliminar o outro. Betinho foi aprovado contra o Brasil de Pelotas, mas a experiência de Richarlyson deve pesar na escolha do titular.

ELIANDRO
A principal esperança de gols do Guarani não balança as redes desde a segunda rodada da Série B. O último gol foi marcado exatamente contra o Santa Cruz, no Recife, há um turno. Após três meses, sendo que ficou entregue ao DM por 20 dias, perderá a posição para o colombiano Rentería.

FUMAGALLI
Quarto maior artilheiro da história do clube, Fumagalli é o artilheiro do Guarani na Série B com quatro gols, mas seu aproveitamento técnico e físico não está beneficiando o esquema tático da equipe. Para a vaga do camisa 10, Vadão ainda trabalha com as possibilidades de utilizar Rafael Silva aberto pelo lado esquerdo com Luiz Fernando centralizado ou promover a estreia de Bruno Mendes e reforçar o poder de fogo no ataque.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento)

Veja Também

Contas e possibilidades para a Ponte Preta na rodada do acesso na Série B

A rodada derradeira da Série B do Campeonato Brasileiro pode ser o céu ou o ...

2 Comentários

  1. Tomara que mudanças aconteçam. Antes que seja tarde.

  2. Demorou para mexer, o GFC pode ter perdido a chance de retornar a série A devido a esta série de maus resultados. Agora nos resta torcer para que não seja tarde demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *