A morte de Thalles e uma reflexão necessária. Por Jota Jorge

1
802 views

Amigo do esporte,

Mais uma tragédia no  meio do futebol. A morte de Thalles nos chocou profundamente. O mais triste de tudo isso é que não foi a primeira vez. Outros jogadores tiveram um fim semelhante ao do atacante ao longo da história. E a maioria na flor da idade.

Em torno de 20 , 25 anos. Que triste. Seria o caso de estudarmos o porque de tudo isso. Tenho comigo, que o deslumbre é a grande causa.

Lamentavelmente, o jogador de futebol via de regra não tem um preparo psicológico para a fama, o dinheiro.

Acaba se deslumbrando com tudo isso. Com o dinheiro chegando fácil de repente, acaba achando que é o dono do mundo. Jóias, carrões, motos, mulheres, bebidas, drogas, enfim, acha que tudo pode, tudo é dele.

A conta chega. E às vezes de forma irreparável.

Com Denner foi assim.

Também com Sérgio Gil, promessa de Santa Catarina que chegou ao Corinthians e acabou desaparecendo trag icamente em acidente. Edvaldo, grande atacante do São Paulo, Atlético Mineiro idem. Daniel Gonzales também.

Enfim, a conclusão que chego é de que existe a necessidade de um acompanhamento psicológico nas categorias de base.

Todo clube deve dar assistência psicológica aos jovens adolescentes. Muitos deles, não possuem estrutura familiar, passam dificuldades. E são esses que ao chegarem a um patamar de evidência, ficam mais suscetíveis a esse perigo.

Acredito que um treinador de categoria de base, deve obrigatoriamente ter conhecimento básico de psicologia para lidar com garotos que querem almejar a riqueza e a fama.

Trata-se de lidar com vidas. Muitos desses garotos não tiveram educação adequada. Não receberam orientação dos pais no sentido de se manter a humildade e os pés no chão.

Alguns pais, inclusive, incentivam os garotos a apr oveitar disso tudo. A morte de Thalles é um novo aviso para aqueles que estão em início de carreira e que sonham com um futuro promissor. Thalles, segundo se apurou, frequentava lugares inconvenientes, esbanjava dinheiro, tinha companhias duvidosas, enfim, uma vida desregrada fora de campo.

Para essa juventude que começa agora e que tem por objetivo o sucesso na carreira, torço para que esse tipo de tragédia faça com que reflitam e tenham consciência de que é necessário pés no chão e muito trabalho para se atingir o sucesso.

E para aqueles que tripudiaram em cima de mais essa tragédia, divulgando fotos do horrível acidente que vitimou o jogador, e que fizeram questão de viralizar na mídia essas cenas horrorosas : ” PASSAR BEM ‘ !!!!

(artigo de autoria de Jota Jorge- comentarista da Rádio Brasil de Campinas- e-mail para contato: jotajorgecbn@bol.com.br)

1 Comentário

Deixe Um Comentário