Análise: Tiãozinho e a incapacidade de utilizar a rivalidade do dérbi de maneira sadia

16
1.189 views

Existe um código de comportamento diplomático entre os países. Imagine por um instante se os comandantes do Uruguai e da Argentina falassem em encontros para acordos comerciais as piadas comuns que são ditas nas ruas por seus conterrâneos para tirar sarro do outro. Seria constrangedor.

Clube de futebol deveria conter o mesmo conceito. Totalmente equivocados foram os mandatários que no comando de agremiações populares usavam as entrevistas coletivas para espinafrar o adversário.

Gente como Eurico Miranda, Juvenal Juvêncio e até Luiz Gonzaga Belluzo em muitos instantes perderam a noção da liturgia do cargo. Eis que o presidente da Ponte Preta, Sebastião Arcanjo cai na mesma armadilha.

Na coletiva de apresentação do técnico João Brigatti o mandatário saiu com essa máxima: “(…)Não que ele faça apenas a turma lá debaixo tremer. Eu sei que eles vão tremer com a chegada do João. Já estão tremendo, mas eu não entro entre aqueles que acham que o João Brigatti é um técnico apenas motivador. Se nós precisássemos de um motivador, nós iríamos buscar no mercado ou recomendaríamos livros de autoajuda para o nosso time”. Mais infeliz impossível.

Clássico com alto grau de rivalidade, um dos motivos da adoção da torcida única é o clima acirrado entre as duas torcidas. Algo que as forças de segurança não conseguem fazer o mínimo para se planejarem e por outro os dirigentes não ajudam.

Será que Tiãozinho já imaginou que o dérbi do 16 de março já se constitui uma ameaça a integridade física tanto do seu treinador como da delegação pontepretana em virtude da frase dita? Ao invés de proferir frases inconsistentes não seria salutar conversar com o presidente do Guarani, Ricardo Moisés, para promover ações que desarmassem os espíritos? O que espanta é tal postura vir de um político, uma função que seria a primeira a zelar pelo clima harmonioso mesmo entre os divergentes.  Ah e sem contar que sua declaração é prato cheio motivacional para o técnico bugrino Thiago Carpini.

Por vezes, os dirigentes são os principais rivais da Ponte Preta. Uma pena.

(Elias Aredes Junior)

16 Comentários

  1. Eu apenas posso dizer que as declarações foram lamentáveis sob todos os aspectos. Suas declarações apenas confirmam o seu total despreparo pra ser Presidente de um clube como a Ponte Preta.

  2. E desde quando, Sebastião é Presidente, os verdadeiros Pontepretanos,sabem que ele é só emissário do Rei dos óculos, visto que agora só se preocupa em falar de ARENA, ( para 1800 pagantes),ou na( S/A ), situação que os verdadeiros jamais vão deixar ocorrer,
    Será que ele pelo menos pensa que não temos orçamento pra nada, ou ele vai buscar dinheiro no rei ,e nos endividar cada dia mais,
    Já imaginou se o dirigente de nosso rival, rebate dizendo,poxa gasto 3 x menos que vcs e meu time é mais competitivo, ou como no ano passado gastou 3 x Menos , e fez a mesma Campanha,
    Sebastião,falando ou agindo mostra como é despreparado para o Cargo,
    Aliás deixo a pergunta que time ele torce mesmo,
    Daqui a pouco ele vai dizer que AMA A PONTE, como VP disse outro dia, kkkkkl, só rindo, se um dia a imprensa campineira fizer um jornalismo verdadeiro e investigativo, não vai ficar um
    Bom ,perdeu a chance de ficar calado,
    Aliás deveria nunca falar!!!

  3. A HABILIDADE DE UM PRESIDENTE DE UM CLUBE POPULAR…

    ESTAMOS FALANDO DE UM PRESIDENTE, DE ESQUERDA, AQUELE TIPO DE GENTE QUE ADORA INCUTIR O ÓDIO, A DESARMONIA, E PRINCIPALMENTE, O CAOS POR ONDE PASSAM…

    MAIS INFELIZ IMPOSSÍVEL…

    👇👇👇👇👇👇👇👇

    Na coletiva de apresentação do técnico João Brigatti o mandatário saiu com essa máxima: “(…)Não que ele faça apenas a turma lá debaixo tremer. Eu sei que eles vão tremer com a chegada do João. Já estão tremendo, mas eu não entro entre aqueles que acham que o João Brigatti é um técnico apenas motivador. Se nós precisássemos de um motivador, nós iríamos buscar no mercado ou recomendaríamos livros de autoajuda para o nosso time”…

  4. Lamentável sob todos os aspectos,a declaração do
    atual Presidente da Ponte Preta. Talvez, quando o
    mesmo assumiu tal cargo, tenham esquecido de
    lembra-lo que a Ponte Preta, em toda sua grandeza, também sempre respeitou com dignidade todos seus adversários no campo esportivo.
    Hoje, o futebol se tornou um esporte violento, por parte de grupos indesejáveis,em meio de pessoas que fazem do futebol, um direito de laser, torcendo por um clube de sua preferência, de forma puramente esportiva.
    Cabe aos dirigentes dos clubes , a incumbência de pregar a paz e harmonia esportiva, entre suas torcidas!!! Jogar torcidas de clubes adversários no campo esportivo, umas contra outras, demontra total despreparo para qualquer cargo dentro do meio social e esportivo.
    Nota zero para o, infelizmente, atual Presidente de nossa querida Ponte Preta!!!!

  5. Boa noite caro Elias.
    Nessa infeliz declaração já se vê a pequenes que é o presidente ventríloquo desta entidade alvi negra, além de ser político e não polido só joga areia no ventilador.
    Este por sua vez deveria estar muito, mais muito mais preocupado com a associação atlética Ponte Preta, para estancar a sangria financeira que acontece desde 2017 com o extraordinário WP.
    E com sua gestão o trouxe de volta.
    Deveria se espelhar em grandes nomes desta agremiação centenária como: Peri, Lauro Moraes, Petena, Ursaia, Marcos Garcia, Mendonça entre outros gigantes alvi negros de verdade.
    Estes não aprovariam um Orçamento para 2020 de 49 milhões e depois contabilizar com cotas de FPF e CBF por volta de 12 milhões, venda de Camilo mais 6 milhões, contam com o ovo na cloaca da galinha com mais 3 milhões de copa do Brasil e possível venda de Ivan + 10 milhões, mesmo assim existe um rombo orçamentário no clube por volta de 10 milhões, fora as ações trabalhistas, herança de seus colegas de 2017.
    Volto a escrever que se importasse com o Clube e entendesse de futebol não faria uma asneira desta, na real mais um subordinado as ordens expressas do que se diz dono da Ponte Preta.
    Assim vejo está entidade futebolista centenária agonizar, política e financeiramente, e ser dirigida por quem nem se quer torce por ela.

  6. Lamentável a declaração desse senhor. Infelizmente ele é um comunista que ocupa um cargo que nunca deveria ocupar. Fora Tiãozinho !!! Fora Gustavo Bueno !!!

  7. Bom poderia aqui apenas elevar a temperatura do grupo e falar um monte de besteira sem pensar em consequências apenas nesta linda rivalidade centenária. Sou Bugrino da pele até o osso e claro não gosto do meu rival, porém fico feliz em ver depoimentos contrários ao comentário infeliz deste senhor que infelizmente está a frente de importante instituição, repúdio este tipo de atitude em tempos tão violentos e sem tolerância como o que vivemos, e venha da onde vier assim como repudiava as de senhores que também dirigiram meu Bugrão e tiveram postura parecida. É por essas e por outras que vivemos um período tão ruim em nossos times, arquibancadas vazias, times medíocres, falta de profissionalismo e competência gestacional. Será que um dia reviveremos nossos tempos áureos como uma final de primeiro turno de paulistão com o estádio lotado em São Paulo, mostrando a força de Campinas e de seus times, bom com essas pessoas a frente de tão importantes instituições infelizmente não.
    Espero que revejam tais atitudes e deixes a rivalidade e as brincadeiras nas arquibancadas.

  8. Sou bugrino e o futebol tá chato demais, o cara fez uma brincadeira, nada demais. Quem alimenta isso é a imprensa que faz uma matéria desnecessária como essa. Que bobagem, provocação faz parte.

  9. Esperar o que de um presidente Corinthiano assumido e filiado ao partido responsável pelo maior esquema de corrupção da história … Não sei porque a surpresa. Apenas manteve a escrita de suas convicções medíocres e corruptas.

    Infelizmente o presidente é o retrato da torcida, composta em sua maioria de torcedores de outros times, a maioria Corinthianos.

  10. Em tempo gostaria de parabenizar os torcedores da aapp que demonstram consciência e um nível intelectual muito maior do que “Tiãozinho do PT”

  11. Doutor
    Eu não me engano
    Tiãozinho é corintiano.

    Todo mundo aqui na Vila Georgina sabe disso. Nunca antes um corintiano tão fanático foi explicitamente presidente da Ponte.

  12. Nao causou espanto nenhum o tal comentario, vindo de quem veio, pseudo-presidente de uma associacao sem titulos e petista. Espero que ele faça na aapp o mesmo q o partido dele fez para o Brasil.

Deixe Um Comentário