Apesar de bom retrospecto, Daniel Paulista é demitido do Guarani. Enquanto isso, os outros problemas permanecem…

0
852 views

Em um comunicado divulgado um pouco antes das 16h desta quarta-feira, dia 04 de maio, o Guarani comunicou a saída do técnico Daniel Paulista da equipe. O comandante sai após o empate por 1 a 1 contra o Náutico e a poucos dias do dérbi 203, marcado para domingo, às 16h, no Brinco de Ouro da Princesa.

É uma decisão estranha e sem sentido. Daniel Paulista tem virtudes como  tem defeitos. Já vacilou em outras oportunidades e circunstâncias muito mais adequadas para promover sua demissão. E ficou. Ser demitido na véspera de um clássico – sendo que seu saldo é de duas vitórias e um empate-  é prato cheio para um discurso truncado e sem sentido. Sem contar que levou o time a sexta posição da Série B do ano passado e alcançou as quartas de final do Paulistão. Bom desempenho se levarmos em conta as limitações financeiras da equipe. 

Daniel Paulista vai embora e os problemas continuam. E não são poucos. A defesa não é confiável, as opções de banco deixam a desejar e a irregularidade técnica dos jogadores é constante. Sem contar que o trabalho dos goleiros e do seu preparador continuam na lupa da torcida.

É, a diretoria quis transmitir que o problema era o treinador. Mas o buraco é muito mais embaixo. Que o próximo treinador tenha sorte e paciência. Vai precisar.

(Elias Aredes Junior com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)