Após saída para balada, Junior Todinho e Lucas Abreu são multados pelo Guarani; Participação em Culto não gera punição para Pablo

0
348 views

Em comunicado divulgado no início da noite de hoje, o Guarani anunciou que o atacante Junior Todinho e o volante Lucas foram punidos em desconto nos direitos de imagem em virtude de vídeos e fotos dos dois atletas em estabelecimentos comerciais, em ambientes fechados e com aglomerações.

O clube afirmou ainda que descarta uma rescisão de contrato em virtude de que isto seja uma punição a própria agremiação. “Os atletas não serão afastados dos treinamentos, pois isto traria uma punição ao clube neste momento de elenco reduzido pelos motivos amplamente divulgados”, disse o texto emitido pelo clube.

Apesar de ter frequentado um Culto Evangélico no dia 29 de dezembro, que tinha aglomeração e em ambiente fechado, o lateral direito e atacante Pablo não recebeu punição.

Tanto a diretoria como a superintendência de futebol não afastam a hipótese de que novas punições aconteçam. “O Clube informa também que ainda segue nas suas averiguações e, se novos atletas forem flagrados em igual situação, ou tiverem participado de outros casos semelhantes, também serão punidos”, afirmou a agremiação em sua nota oficial.

Diante do quadro vivido pelo Guarani nos últimos dias, não havia outra saída a diretoria do Guarani. A punição era necessária. Uma porta para produzir conscientização no elenco para a reta final da Série B.

Mesmo aqueles que sequer foram advertidos por algum deslize que tomem consciência: isso não é uma questão esportiva e sim humanitária. Devemos lutar contra a Covid-19 nos mínimos detalhes.

Na atualidade, ser campeão é encontrar-se vivo, com saúde, sem o vírus e sem exercer o papel de transmissor de uma doença com alta taxa de letalidade. O resto é supérfluo. Inclusive o futebol.

(Texto, reportagem e Análise: Elias Aredes Junior)