domingo , 21 outubro 2018
Home / Destaque / De olho no G4, Guarani visita Sertãozinho para quebrar três tabus

De olho no G4, Guarani visita Sertãozinho para quebrar três tabus

Depois de uma semana cheia sem compromissos oficiais, marcada pela negociação de Willian Rocha ao futebol japonês, o Guarani volta a campo neste sábado, 10, para enfrentar o Sertãozinho, às 19h, no Estádio Frederico Dalmazo, pela 6ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista.

Se vencer o Touro dos Canaviais, o time comandado por Umberto Louzer quebra três tabus de uma só vez.

O Bugre tem mais uma oportunidade de triunfar como visitante nesta temporada. Contra um adversário que faz campanha idêntica a sua, os campineiros tentam levar o bom desempenho no Brinco de Ouro para longe de Campinas.

Curiosamente, as duas derrotas do Bugre foram para integrantes do G4. Na estreia, em 17 de janeiro, foi derrotado pelo Oeste, por 1 a 0, na Arena Barueri. Já no dia 23, tropeçou no São Bernardo, por 2 a 1.

Além disso, o Alviverde ainda não venceu o Sertãozinho fora de casa. O único duelo terminou em 1 a 1, num amistoso disputado em dezembro de 2005. Em partidas oficiais, um empate – novo 1 a 1, em 2008, pela Série A1 – e uma vitória bugrina por 5 a 0, em abril de 2017.

Outro incômodo jejum dura mais de sete meses. O último triunfo longe de casa foi no dia 1º de julho, com gol único de Lenon, sobre o ABC, pela Série B.

Caso some os três pontos, provavelmente o Guarani entrará no G4. Para isso, precisa torcer para que São Bernardo (11) ou Rio Claro (10) não vençam na rodada.

NOVIDADE NA ZAGA!

Willian Rocha não faz mais parte do plantel de Umberto Louzer. O defensor se despediu em entrevista coletiva na sexta-feira, ao lado do presidente Palmeron Mendes Filho. Assim, o comandante não poderá repetir, pela quarta vez consecutiva, a escalação no Estadual.

Sem nenhum desfalque por lesão ou suspensão, o Guarani vai a campo com: Bruno Brígido, Lenon, Lucas Kal, Fernando Lombardi e Salomão; Baraka e Ricardinho; Bruno Nazário, Rondinelly e Erik; Bruno Mendes.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa/foto: Letícia Martins – Guarani Press)

Veja Também

Ponte Preta joga contra o Figueirense para melhorar sua pontuação perante a história

Com 43 pontos e na zona intermediária da classificação, a Ponte Preta, além de reacender ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *