Atuação decepcionante no gramado. Resultado: eliminação vira realidade no Brinco de Ouro

0
188 views

Em nova atuação decepcionante, o Guarani despediu-se da Série A-2. Começa agora o planejamento para a Série C do Campeonato Brasileiro. Confira as notas.

GUARANI

Pegorari – Falhou no primeiro gol. Inseguro em algumas jogadas. 4,5;

Eduardo – Bem no ataque. Sofreu na marcação. Substituído sem justificativa. 5,5

Carpini – Vacilou em alguns lances. Posicionamento equivocado. 4,5

Lucas Bahia – Envolvido pelos atacantes adversários. 4,5

Denis Neves – Tentou alguns lances e parou na marcação adversário. Não deixou de lutar. 5,5

Lenon – Fez trabalho de cobertura e eficiência no meio-campo. 6,0

Diego Silva – Discreto. 5,5

Douglas Packer – Lento e previsivel. 4,0

Watson – Afobado e sem imaginação em alguns lances. 4,5

Fumagalli – Criou chances e não se omitiu. 6,5

Flávio Caça-Rato – Entrou durante o jogo e não se omitiu. Lutador. 6,0

Max – Estático, parado e sem imaginação. 2,0

João Vittor- Sem criatividade. 5,0

Técnico: Pintado- Terminou como iniciou seu trabalho: confuso, desorganizado e com um time sem um rosto. Nota 4,0. O próximo técnico terá muito trabalho.

BARRETOS- Time bem armado por Vilson Tadei. Destaque para o trabalho de organização de Lídio e o faro de gol de Northon, autor dos dois gols. Classificação merecida.

(Avaliação feita por Elias Aredes Junior-Foto de Rodrigo Villalba-Memory Press)

Deixe Um Comentário