Atuações: um rendimento que gera a pergunta: com esse futebol é possível sonhar com acesso?

0
375 views

Confira as notas do desempenho da Ponte Preta contra o Oeste

Ygor Vinhas- Não foi exigido. 5,0

Léo Pereira- Não tem iniciativa ofensiva. 4,0

Wellington Carvalho- Não foi incomodado. 5,0

Ruan Renato – Tirando uma outra jogada de Fábio, não foi incomodado. 5,0

Guilherme Lazaroni- Pelo menos teve iniciativa. 5,5

Barreto- Por enquanto uma decepção. 4,0

Dawhan- Não há como criticar diante da luta. 5,5

Camilo- Sofreu para ser criativo diante da falta de criatividade. 5,5;

Apodi- Apareceu e fez a diferença. 6,0

Bruno Rodrigues- Não foi brilhante tecnicamente, mas não se omitiu. 5,5

Wanderley- Chutou uma bola na trave e só. 4,5

Neto Moura- Compôs o meio campo. Mas fez o passe decisivo. 5,0

Guilherme Pato. Tentou ser protagonista. 5,5

Luiz Oyama- Burocrático. 5,0

Matheus Peixoto- Ficou sem a bola também. 4,0

Bruno Reis- Entrou no final. 5,0

Técnico: Marcelo Oliveira.- Venceu? Sim. Mas teve atuação fraca contra um integrante da zona do rebaixamento. 3,5 (foto de Álvaro Junior-pontepress)