Como resolver os (poucos) problemas táticos e técnicos da Ponte Preta. Por André Gonçalves

0
609 views

Soluções a serem buscadas na Ponte Preta

Chegamos para essa pausa para Copa América como havia planejado a comissão técnica. Estamos há um ponto da meta (16), mas dentro do G4, que é o mais importante no final das contas.

Estar entre os 4 melhores é o que conta no final do ano. Por isso a pretensão desse post é simplesmente abrir debate na comunidade alvinegra sobre algumas necessidades da equipe para se manter entre os primeiros até o final da Série B. Portanto, fique à vontade em opinar.

No jogo frente o Botafogo, vimos a falta que fez o volante Edson à equipe. Aliás, ele tem se mostrado fundamental na estrutura de jogo proposta pelo treinador.
Tem sido um dos pilares do time no ano. Foi visto com maior ênfase no Derbi, mas tem sido muito regular e pela posição que ocupa, é normal não participar de uma ou outra partida – por cartões ou qualquer outro motivo.

Por isso, Jorginho tem que encontrar uma solução para essa posição. Não sei se Mantuan seria o substituto natural para ocupar essa função no time. Talvez o recém-chegado Washington possa se encaixar melhor. Enfim, o ideal é o time não sentir muito com a ausência de Edson.

Outra posição fundamental e que mudou a forma do time jogar é do atacante Roger. O jogador de 34 anos tem mostrado bom preparo físico e – surpreendentemente – foi um dos que mais correram (segundo site da Ponte, 9.6km em distância percorrida) no triunfo da última segunda-feira. Quem seria o jogador para substitui-lo por cansaço, cartões…?

Thalles parece que não faz mais parte dos planos da comissão técnica e Facundo Batista ainda não tem a maturidade e inteligência de jogo para exercer o mesmo papel do experiente atacante.

Acredito que Jorginho, apesar do descanso de uma semana, deve estar pensando nessas e outras soluções para fazer a Macaca ainda mais forte para o decorrer do campeonato.
Quais suas sugestões?

(Artigo de autoria André Gonçalves-especial para o Só Dérbi)

Deixe Um Comentário