Derbi 193- Ponte Preta 3 x 0 Guarani- Um time consciente atropela um oponente perdido e sem inspiração

1
1.206 views

Em atuação impecável sob o ponto de vista técnico e tático, a Ponte Preta goleou o Guarani por 3 a 0, no dérbi ocorrido na noite deste sábado no estádio Moisés  Lucarelli e válido pela penúltima rodada do Campeonato Paulista. O resultado fez a Alvinegra chegar aos 19 pontos e agora terminará a fase inicial na quarta-feira, contra o Palmeiras, em São Paulo. Já o Guarani, com 14 pontos fará sua despedida contra o Red Bulll, em Campinas, também na quarta-feira.

De algo ninguém pode reclamar: os dois treinadores apareceram com propostas. No Guarani, a tentativa foi de apostar nos toques curtos e na aproximação de William Matheus e Diego Cardoso em cima do lateral Luis Ricardo. Com o gramado encharcado restou apostar na bola parada e que gerou um cabeceio de Diego Cardoso e um chute de Ricardinho.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Mas a Ponte Preta ocupava os espaços do gramado e fazia inversões de jogo que deixavam a defesa bugrina com dificuldade de posicionamento. No lado esquerdo, Julio César, com força e velocidade, organizava as jogadas e colocava sempre os companheiros em boa condição de arremate.

Ao fazer as jogadas pela faixa central de gramado, surgiu o lance que alterou o destino da partida aos 38min, em que o volante Deivid derrubou Edson dentro da área. Na cobrança do pênalti, Thalles bateu e colocou a Macaca na frente.

Vem o segundo tempo, o Guarani especulou buscou o empate, mas foi a Macaca que ampliou aos 03min. Diego Renan dominou, trouxe para o seu domínio após a poça d´água e disparou para ampliar o marcador.

O segundo gol sofrido demonstrou uma outra faceta bugrina, que é a perda de padrão de jogo, o que ganhou a colaboração do técnico Osmar Loss, que não reagia diante do volume de jogo pontepretano e suas ocupações de espaços. Consequencia: o contra-ataque aparecia e aos 25min, após troca de passes, Gerson Magrão entrou nas imediações e estufou as redes e transformou a goleada em realidade e deixou em delírio o torcedor pontepretano, que comemorou uma vitória por três gols de diferença após mais de sete anos. No dia 15 de outubro de 2011, em jogo válido pela Série B do Brasileiro, a Ponte Preta venceu por 3 a 0. (Elias Aredes Junior- com fotos de Álvaro Junior)

FICHA DO JOGO

PONTE PRETA

Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan (Giovanni); Edson, Tiago Real, William Magrão e Matheus Vargas (Nathan); Júlio César (Abner)e Thalles.

Técnico: Jorginho.

GUARANI

Giovanni; Léo Príncipe, Ferreira, Diego Giaretta e William Matheus;

Deivid, Ricardinho, Felipe Amorim, Thiago Ribeiro (Mateusinho) e Diego Cardoso (Fernando Vianna); Anselmo Ramon (Carlinhos). Técnico: Osmar Loss.

 

Gols: Thalles aos 40min do primeiro tempo; Diego Renan aos 03 minutos e Gerson Magrão aos 25min do segundo tempo.

Renda: R$ 325235

Público: 11287 (11976 publico total)

Cartões Amarelos: Thalles, Edson, Felipe Amorim, Reginaldo, Ferreira, Deivid, Ricardinho

Juiz: Rapahel Claus

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

1 Comentário

Deixe Um Comentário