Em 10 anos, Ponte Preta concedeu em média, 138 dias de trabalho para cada treinador. No futebol nacional, o período foi de seis meses

1
393 views

Levantamento divulgado nesta terça-feira pela Pluri Consultoria demonstra que os principais equipes do futebol brasileiro e pertencentes a divisão de elite concedem 180 dias de trabalho aos seus treinadores. No periodo de 10 anos, a média de cada equipe é ter contado com 18,7 profissionais.

Ao aplicar o critério para a Ponte Preta, o resultado é ainda mais tenebroso. A Macaca concedeu 138 dias para que o profissional contratado implementasse o seu trabalho. No período de 2009 a 2019, a Alvinegra campineira teve 29 trocas de treinadores. Só foram contabilizados os profissionais contratados ou aqueles que foram efetivados.

O nome de maior destaque é Gilson Kleina, que registra quatro passagens na Macaca e tem como saldo um acesso na Série B, uma semifinal de Paulistão em 2012 e um vice-campeonato regional em 2017. Outros três profissionais tem duas passagens: Guto Ferreira, Jorginho e Eduardo Baptista.

Para fugir do circulo vicioso, a nova diretoria pontepretana bancou a manutenção do trabalho de Gilson o que vai na contramão até daquilo que é reinante do futebol brasileiro. “ Dezembro é o mês de mais mudanças para os treinadores no Brasil, concentrando 12,6% das trocas totais nos últimos 10 anos, seguido por agosto e setembro, com 11,8% e 11,5%, respectivamente. A chance de queda nestes 3 meses é 68% maior que nos demais meses do ano”, afirmou o relatório emitido pela Pluri Consultoria.

(Elias Aredes Junior)

QUEM TREINOU A PONTE PRETA DE 2009 A 2019

2009

Sérgio Soares

Marco Aurélio

Pintado

Márcio Bittencourt

2010

Sérgio Guedes

Jorginho

Givanildo de Oliveira

2011

Gilson Kleina

2012

Gilson Kleina

Guto Ferreira

2013

Guto Ferreira

Paulo César Carpegiani

Jorginho Campos

2014

Sidney Moraes

Oswaldo Alvarez

Dado Cavalcanti

Guto Ferreira

2015

Guto Ferreira

Doriva

2016

Vinicius Eutrópio

Alexandre Gallo

Eduardo Baptista

2017

Felipe Moreira

Gilson Kleina

Eduardo Baptista

2018

Eduardo Baptista

Doriva

Marcelo Chamusca

Gilson Kleina

2019

Mazola Junior

Jorginho Campos

Gilson Kleina

Fonte: Edu Pinheiro (Rádio Bandeirantes)

1 Comentário