Em treinamento fechado, Chamusca sustenta dúvidas no meio e ataque da Ponte Preta

0
297 views

A penúltima atividade da Ponte Preta antes de enfrentar o Oeste, sábado, às 21h, na Arena Barueri, foi feita a sete chaves. Com portões fechados no CT do Jardim Eulina, Marcelo Chamusca deu sequência à preparação da equipe, mas ainda alimenta indefinições em dois setores.

O treinador esboçou a mesma equipe formatada na quarta-feira, quando praticamente definiu mudanças significativas no meio-campo em relação ao time ideal utilizado contra o Sampaio Corrêa: Paulinho herda a vaga de Lucas Mineiro, que ainda não correspondeu às expectativas da comissão técnica. Entre os volantes, Nathan retorna de suspensão e briga pela posição com André Castro, prestigiado com Chamusca.

No sistema ofensivo, Victor Rangel concorre com Matheus Vargas, recém-contratado pela Macaca. Certo mesmo é que os escolhidos serão definidos no treinamento desta sexta-feira.

Em entrevista coletiva, o lateral-esquerdo Danilo Barcelos fez mistério sobre a escalação. “Não posso falar muito, mas tem sido uma semana excelente. Temos mais um treino amanhã e nós esperamos que independente de quem entrar a gente dê uma resposta sábado”, projetou.

Assim, a provável escalação da Alvinegra tem Ivan; Igor Vinicius, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan (André Castro), Paulinho e Tiago Real; André Luís, Júnior Santos e Victor Rangel (Matheus Vargas).

Sem vencer há cinco jogos, o time de Campinas ocupa a 10ª colocação com 35 pontos. Ainda com 12 jogos pela frente, a Ponte mira alcançar a casa dos 62 para garantir retorno à divisão de elite.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa)

Deixe Um Comentário