quinta-feira , 18 outubro 2018
Home / Guarani / Encostados de times da Série A podem virar solução no Guarani

Encostados de times da Série A podem virar solução no Guarani

Enquanto realiza o processo de transição na direção do clube, o Guarani trabalha paralelamente em busca dos primeiros reforços para o elenco que vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro. Após fracasso na Série A2, o clube realiza uma faxina na equipe e já dispensou seis jogadores.

A alternativa encontrada para driblar as limitações financeiras são as parcerias com grandes clubes da Série A. Mesmo que tenha negado veementemente publicamente, a reportagem apurou visitas de diretores em clubes da capital para avaliar a possibilidade de empréstimos de alguns atletas.

Aliás, o primeiro reforço do clube será através de uma parceria com o Palmeiras. O goleiro Vagner, que disputou o Paulistão com o Mirassol, voltará ao Verdão, mas não será utilizado por Eduardo Baptista e deve ser cedido ao Bugre. O atacante Luan também interessa, mas a equipe de Campinas tem a concorrência do Avaí nas negociações pelo jogador.

São Paulo e Santos apresentaram opções mais escassas. Dois jogadores do time do Morumbi interessaram, mas acabaram acertando com o Vila Nova e Paraná – casos de Foguete e Lucas Kal.

Cruzeiro e Grêmio também foram consultados. Já o Corinthians liberou o alviverde para negociar com jogadores que precisam de rodagem: o goleiro Diego, o zagueiro Léo Santos, os meias Mutuan e Rodrigo, além dos atacantes Carlinhos, Bruno Paulo e Mendoza não serão aproveitados pelo time da capital.

O Guarani apenas avalia o interesse e o nome de alguns atletas, mas tem dado prioridade as indicações de Vadão. Além de Vagner, estão encaminhados com o clube o zagueiro Naylhor, do Ituano, e os meias Flávio e Juninho, da Ferroviária.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento)

Veja Também

Números no gramado demonstram fragilidade do Boa Esporte. O Guarani vai aproveitar?

Lanterna da Série B com 26 pontos, o Boa Esporte tem um rendimento critico nos ...

1 Comentário

  1. Faz falta os dervis com o Guarani.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *