Gilson Kleina recusa oferta do Guarani. Uma pergunta: o que faz o clube para atrair os melhores quadros do futebol? Nada

14
1.553 views

Estava em Campinas quando publiquei a matéria do Guarani sobre o interesse em Gilson Kleina. Quando estourou a noticia de sua recusa, estava em trânsito. Imprevistos desta vida de jornalista.

Penso que vale uma reflexão, ainda que tardia. Vamos nos colocar no lugar de Kleina e de sua familia. Ele é um treinador com passagens em grandes clubes e times competitivos de séries A e B. Como é um cara consciente, tenho certeza de  já conseguiu trilhar um caminho no mundo da bola e assegurar tranquilidade financeira e profissional. Não digo que pode escolher a agremiação que vai trabalhar, mas certamente tem um nome a zelar.

Vamos reconstruir o cenário. Ele recebe uma proposta salarial vantajosa (de R$ 180 mil mensais) e ate bônus em caso do time escapar do rebaixamento. Á primeira vista, tudo lindo.

Só que o recheio não é agradável. O clube em questão é rival de um ex-empregador em que ele teve conquistas. A infra-estrutura do pretendente é precária, a condição técnica dos jogadores é mediana, mas o estado emocional é deplorável.

Acrescente nesta receita uma guerra política violenta, em que situação e oposição pensam mais em satisfazer suas próprias vontades do que a da agremiação e um departamento de futebol profissional que sequer tem comandante, pois os antigos ocupantes foram todos desligados.

Agora coloque-se no lugar de qualquer familiar de Gilson Kleina. O futebol já é uma atividade insegura por natureza. Você aprovaria ver o seu ente querido arriscar a sua pele? Antes de contratar um novo treinador, o Guarani precisa olhar-se no espelho e corrigir aquilo que está errado. A torcida aplaudiria. De pé.

(Elias Aredes Junior)

14 Comentários

  1. A colocação do Elias é perfeitamente correta e detalhada, agora tentar trazer um técnico desse porte, seria necessário atender os seus pedidos e os membros da direção não percebeu que não haveria condições pra isso, que a meta não seria possível, enfim, no fim vai acabar vindo um técnico de quarta categoria, podem aguardar, fazem um estrondo, depois estoura uma bombinha

  2. Quem vê vocês falando vão achar que esse cidadão é o Guardiola ou Zidane, muito mi mi mi pá que saiu do Criciúma porque não alcançou os resultados. Dá uma segurada pra nóis Peruada..

  3. Mas quem disse que é um treinador de ponta? O Vadão resolveria o problema, contudo com essa diretoria acredito que não queira nem passar em frente ao estádio.

  4. Elias, nada a ver essa sua linha de raciocínio; ano passado ele pegou a xita na zona de rebaixamento e não subiu por 1 ponto. se vc recebesse uma proposta de 180.000 por mês + 400.000 de prêmio, vc consultária a sua família pra saber se deve aceitar? vai dormir…ainda bem que não veio…além de xita virgem é frouxo….volta VADÃO

    • Kkkkk primeiro que a PONTE ano passado não estava na zona de rebaixamento, não costumamos frequentar esse local.
      E com certeza ele não iria querer trabalhar em um ambiente sem nenhum tipo de estrutura, brigas políticas eternas.
      Vadao não passa nem na frente desse galinheiro. Boa sorte na série C

  5. Independente de ter laços com a Ponte, o Ariede resumiu tudo, quem aceitaria vir treinar um time que ninguem sabe nem quem será presidente na próxima semana? Atrasar salario será o proximo passo, longe de ser pessimista mas comparando a um doente terminal, com a divida que tem, sem comando na labterna da competição o Guarani da seus ultimos suspiros.

  6. Emerson e Oswaldo!!!
    Qual o técnico que vai querer comandar o time do lixão de Campinas.
    Lanterna,ou seja,20 lugar,um time sem expressão nenhuma e é a nossa alegria essas galinhas falidas.

  7. Nenhum técnico de mediano pra cima aceitaria dirigir uma agremiação que ainda não entendeu que desceu de status dentro do futebol. E que é justamente essa teimosia em não reconhecer que esse Guarani não é nem de longe o que fora em outros tempos que não os tira desse mar de lama.
    Assim como na vida, no futebol existem altos e baixos e se na vida para sair de baixo é necessário trabalhar duro e sério, o que faz diretoria, torcedores e parte da imprensa acharem que o Guarani viverá de sua camisa, de sua estória?? Aliás essa estória a cada ano que passa vai ficando cada vez mais longínqua… ou muda a mentalidade e a postura ou daqui a pouco lembraremos do Guarani como lembramos do Nacional, do Juventus, da Portuguesa… o próximo da lista é o Guarani…
    É obvio que Gilson Kleina não aceitaria, assim como nenhum outro técnico de mediano pra cima irá aceitar…o problema do Guarani não é treinador, o problema do Guarani é o time, a mentalidade, a postura… Primeiro precisa mudar esses 3 elementos, depois começará a parar de cair de status, ano após ano…

  8. Galinaceas iludidas ainda achando que o time serve pra algo, 78 ficou no passado, agora o que se ve e um aglomerado de incompetentes tentando colocar 11 pernetas em um gramado.
    e ainda pensam que existem profissionais querendo ir para o grande Clube que eles so existe na mente deles, hoje o clube so serve pra pessoas incapacitadas ou desempregadas tomarem um folego e sairem logo, e um antro de amadores em todas as areas, corrpuçao e desmandos, presidenteco que pensa que sabe algo, as casas do Jardim Itatinga sao muito mais bem geridas que o clube campeo de 78 que eles tanto idolatram
    Saiam da Ilusao Galinaceas…sera melhor ver a realidade, assim voces conseguiram sair dessa fossa sem fundo

Deixe Um Comentário