Guarani 1 x 4 Vila Nova: vergonha desconcertante. O encanto acabou?

0
431 views

Em uma atuação de baixíssimo nível técnico, o Guarani foi goleado pelo Vila Nova (GO) por 4 a 1, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o time com 23 pontos e com a terceira partida sem vitória. A reabilitação será buscada sexta-feira, contra o Brasil de Pelotas, em Campinas.

Modificações foram feitas no time titular e a expectativa era de que o retorno de Ronaldo Alves, Diogo Matheus e Matheus Souza poderiam produzir a estabilidade necessária. Tudo para proporcionar conforto para Lucão do Break. Deu tudo errado. Aos 02min, o rebote defensivo foi mal executado por Thales e a bola sobrou nos pés de Dudu, implacável na conclusão: 1 a 0.

O ataque virou norma de conduta. Régis buscava a coordenação de jogadas e Bruno Sávio era participativo. Só existia um problema: a falha de cobertura dos zagueiros. Aos 20min, Alesson fez lançamento para Henan, que dominou no meio dos zagueiros e tocou por cima do goleiro Gabriel Mesquita.

O nervosismo continuava. Não cessava. E as perdas de bola eram constantes. Aos 30min, Rodrigo Andrade perdeu a posse de bola e Artur Rezende disparou pelo setor central e chutou de meia distância; no rebote do goleiro Gabriel Mesquita, Renan Motta chutou e fez o terceiro. Um placar dilacerante.

O segundo tempo voltou com o setor ofensivo bugrino mais inspirado. Régis ficou mais próximo de Bruno Sávio e as oportunidades forçaram o aparecimento do goleiro Georgemy.

No trecho final da partida, Daniel Paulista tentou construir uma reação com a remontagem da defesa, com o recuo de Bruno Silva para zaga e a colocação de Pablo na lateral-direita e a retirada de Bidu. Ganhou como “prêmio” o quarto gol do Tigre, feito por Éder Monteiro. Allan Victor diminuiu em chute na entrada da área. Era tarde. O vexame estava consumado.

(Elias Aredes Junior-com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)