quarta-feira , 14 novembro 2018
Home / Destaque / Guarani tem atuação abaixo da crítica e perde para Paysandu no Brinco de Ouro

Guarani tem atuação abaixo da crítica e perde para Paysandu no Brinco de Ouro

Em atuação abaixo da critica nos 90 minutos, o Guarani foi presa fácil e perdeu do Paysandu por 2 a 0, em jogo realizado neste sábado no estádio Brinco de Ouro e válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. O péssimo desempenho no gramado deixou o Alviverde estacionado nos 50 pontos e na nona posição. O próximo desafio será no sábado, às 17h, contra o Brasil, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)

O futebol prega surpresas. Aquilo que parece claro á primeira vista vira miragem. Antes do jogo, o Guarani parecia favorito. Impressão. A atuação foi deplorável em todos os quesitos, seja no aspecto tático, técnico e de disciplina no gramado. Uma equipe sem vibração, com erros de passes e incapaz de articular uma única jogada, apesar da presença dos armadores Rafael Longuine, Matheus Oliveira e de  Denner.

O Paysandu não tinha nada com isso. Passou a querer aproveitar a fragilidade bugrina e de primeira colocou uma bola na trave aos 07min após conclusão de Magno.

O mesmo atacante não vacilou aos 18min. Ele recebeu lançamento de Perema, ganhou dos zagueiros adversários, do goleiro Agenor e tocou para o gol vazio.

Nenhum esboço de reação. Nada de uma jogada diferenciada. O Guarani era um autêntico show de horrores.

Lampejo? Somente aos 21min, em jogada do lateral Kevin, que acionou Matheus Oliveira pelo meio, que levou perigo ao goleiro Renan Rocha. E só.

Veio o segundo tempo. Umberto Louzer apostou alto com as entradas de Rondinelly e Matheus Oliveira. Quebrou a cara. As jogadas de bola parada ainda eram um tormento e preço foi pago logo aos 04min. Na cobrança da falta, Pedro Carmona ergueu na área, Renato Augusto desviou e Perema surgiu de cabeça para ampliar.

Encaixotado pela marcação paraense, o Guarani pouco produziu. Chutes de fora da área de autoria de Erik e cruzamentos pelos lados apenas evidenciavam a ausência de imaginação e talento do setor ofensivo. Nos minutos restantes, o Guarani desfilou uma apatia que traduziu a sua pior atuação no Brinco de Ouro. (Elias Aredes Junior)

FICHA DO JOGO

GUARANI

Agenor;Kevin, Philipe Maia, Ferreira e Romário; Willian Oliveira, Ricardinho, Denner (Erik), Rafael Longuine (Rondinelly) e Matheus Oliveira (Guilherme);Gabriel Poveda.

Técnico: Umberto Louzer.

PAYSANDU

Renan Rocha; Matheus Silva, Diego Ivo, Perema e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz (Hugo Almeida) e Pedro Carmona (William); Mike e Magno (Marcos Junior).Técnico: João Brigatti.

 

Gols: Magno aos 18 minutos do primeiro tempo; Perema aos 04 minutos do segundo tempo

Renda: R$ 18290

Público: 1158

Juiz: Péricles Bassol

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas

Veja Também

O Guarani parece que não tem interesse em conhecer o seu torcedor. Uma lástima!

De maneira eficiente perspicaz, Marcos Ortiz, responsável pelo site Planeta Guarani, divulgou durante toda a ...

2 Comentários

  1. E agora sr. Louzer o que dizer?
    Como será que seus protetores vão justificar mais uma derrota para o temido time do Paissandu…..
    Qual será sua justificativa ?
    Aproveite, sr. Louzer, você só tem mais 2 jogos como treinandor do Guarani

  2. O problema não é o Louzer…É a diretoria.
    Só pensou na tercerizacão. Não reforçou o time a altura e tantas outras besteiras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *