terça-feira , 16 outubro 2018
Home / Destaque / Hora do terror: Início e fim do segundo tempo prejudicam campanha do Guarani

Hora do terror: Início e fim do segundo tempo prejudicam campanha do Guarani

O Guarani dá provas de que apresenta dificuldades para manter o resultado na Série B do Campeonato Brasileiro na volta do intervalo e na reta final da partida. Dono da quarta pior defesa com 26 sofridos, o Bugre foi vazado, neste período, em 13 oportunidades, equivalente a 50%.

O fantasma assombra o Brinco de Ouro da Princesa desde a primeira rodada dos pontos corridos, o que tira pontos preciosos na luta pelo acesso à elite do futebol nacional. Sonolento após ida ao vestiário, os comandados de Umberto Louzer passaram aperto com Atlético-GO, Ponte Preta, Figueirense, Paysandu, Brasil de Pelotas, Londrina e Fortaleza. No apagar das luzes, o cenário se repetiu diante de Fortaleza, nos dois turnos, Goiás, Vila Nova e Boa Esporte.

Em nono lugar com 29 pontos, o Alviverde volta a campo no próximo sábado, 18, para enfrentar o Sampaio Corrêa, vice-lanterna, no Estádio Castelão, em São Luís, às 19h.

Clique aqui e veja mais notícias do Guarani.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa/foto: Letícia Martins – Guarani Press)

Veja Também

A areia movediça da mediocridade vai matar o futebol campineiro

“Saía do futebol e faça outra coisa no jornalismo. O povo gosta é de comentário ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *