Jogadores comemoram goleada. Mas consideram que poderia ser melhor

0
179 views

Apesar dos sete gols, da reabilitação no Campeonato Paulista e a ambição de classificação encontrar-se a flor da pele, os jogadores da Ponte Preta saíram do gramado com gosto de “quero mais”. Autor de quatro gols, o centroavante Wellington Paulista mostrava-se inconformado com os dois gols anotados por Tchô para o Água Santa. “Fizemos sete, mas não poderíamos tomar dois gols. Deveríamos controlar mais o jogo e aumentar o saldo. Mas a vitória foi boa”, disse o centroavante Wellington Paulista.

Os componentes do sistema defensivo concordaram com a avaliação do astro da partida. “Só tivemos desatenção com um homem a mais e isso não pode acontecer. Foi falta de concentração. Só que o resultado é fruto dos treinamentos”, disse o zagueiro Douglas Grolli. “Agora temos um jogo na quinta-feira pela Copa do Brasil (contra a Caldense)”, disse o beque pontepretano.

Já o técnico Alexandre Gallo comemorava o bom desempenho em todos os setores, especialmente pela variação tática. “Um placar elástico fica fácil comentar. O time dedicou-se desde o começo do jogo. Quando chegamos no quinto gol, sentimos um pouquinho porque houve desgaste contra o Corinthians. É normal”, disse o treinador.

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior- Foto de Fábio Leoni- Ponte Press)

Deixe Um Comentário