terça-feira , 18 dezembro 2018
Home / Destaque / Léo vibra com momento da zaga e garante elenco focado na busca pelo acesso

Léo vibra com momento da zaga e garante elenco focado na busca pelo acesso

Os cinco gols sofridos nos últimos sete jogos na Série B do Campeonato Brasileiro refletem o ótimo momento vivenciado pelo sistema defensivo da Ponte Preta. Esse tempo, coincidentemente, diz respeito à época em que Léo ganhou a posição de Reginaldo, por opção técnica, e melhorou a produtividade do setor.

“Os números são consequência do trabalho que fazemos. Fico feliz por ter entrado e correspondido à altura. Isso mostra a força que o nosso time tem, tanto ofensiva como defensivamente. É bom não tomar gol. Estamos evoluindo cada vez mais”, afirmou, em entrevista ao Jogo Aberto Regional.

O defensor, contratado no final de março após bom campanha pelo Ituano no Campeonato Paulista, foi um dos primeiros a colocar o acesso à elite do futebol nacional como pauta prioritária no Moisés Lucarelli. “Internamente, a meta estabelecida é brigar pela parte de cima da tabela. Restam cinco jogos para fechar o primeiro turno e temos que focar para conseguir, pelo menos, três vitórias”, revelou.

Para ganhar a posição, o beque superou a concorrência dentro do elenco alvinegro depois da demissão de Doriva. Prestigiado com a comissão técnica, Léo admitiu mudança de postura em campo a partir de uma conversa com os demais companheiros. “O grupo está fechado e o João Brigatti tem a confiança de todos. Tivemos uma conversa de que a Ponte não poderia estar na situação em que se encontrava e brigando pelo rebaixamento. Isso, com certeza, deu resultado. A minha entrada significa oportunidade. Fui bem quando estreei contra o Criciúma, mas acabei saindo por opção do treinador. Apesar disso, continuei trabalhando, respeitei a decisão e voltei a ter chances novamente”, celebrou.

A Macaca joga neste sábado, diante do São Bento, que luta na parte debaixo da tabela e vem de três derrotas consecutivas. A má colocação do time sorocabano vai ao encontro das dificuldades enfrentadas ao longo da Série B diante de adversários que lutam contra o Z4.

“A gente tem que entrar concentrado em todos os jogos. Acredito que o jogo será muito difícil. Eles jogam em casa e somam três tropeços seguidos derrotas. Estão pressionados, mas precisamos de atenção a todo instante”, encerrou.

Conforme adiantado por Brigatti, a Alvinegra entra em campo no confronto regional com Ivan; Igor Vinícius, Renan Fonseca, Léo e Ruan; Nathan, João Vitor e Tiago Real; André Luís, Danilo Barcelos e Júnior Santos.

Veja Também

Abdalla garante chegada de reforços na Ponte Preta ainda nesta semana

Pressionado pela torcida nas ruas e nas redes sociais, o presidente da Ponte Preta, José ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *