Londrina 2 x 0 Guarani: despedida com gosto amargo e alto índice perda de oportunidades de gol

2
368 views

Perder oportunidades de gol e abrir espaço ao contra-ataque adversário foram os ingredientes da derrota do Guarani para o Londrina por 2 a 0, em jogo realizado na tarde deste sábado no estádio do Café e válido pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Guarani com 44 pontos. Agora, todas as atenções estão voltadas para a largada no Paulistão, contra a Internacional de Limeira, no dia 22 de janeiro, na casa do adversário.

O técnico Thiago Carpini colocou em campo um time alternativo. E uma mudança de postura como visitante. Com marcação adiantada e com força pelos lados do campo, o Alviverde utilizava o talento de Diego Cardoso na conclusão. Apesar das deficiências de armação no meio-campo, o lateral-esquerdo Bidu alcançava a linha de fundo e dava alternativas aos atacantes bugrinos.

O problema era o desperdício de oportunidades por parte do Guarani, o que levava o torcedor a loucura. Em uma delas, aos 19min, Bidu levou a bola a fundo, e a bola ficou à caráter dentro da pequena área e Diego Cardoso chutou em cima do goleiro Matheus Albino.

De tanto desperdiçar oportunidades, o Guarani abriu brecha para o gol do Londrina aos 37min. Léo Passos dominou na zona intermediária, arrancou com a bola, passou pelos zagueiros e chutou na saída do goleiro Carlão.

Veio o segundo tempo e o Guarani não mudou sua postura. Pelo contrário. O volante Marcelo tentava sair da zona intermediária e criava espaços e que dava esperança de gols, como uma conclusão desperdiçada por Lucas Crispim.

Se Crispim perdia chances também era verdade que alguns trunfos apareciam quando ninguém esperava, como aos 19min, em cobrança de falta de Bidu e que foi espalmada para fora pelo goleiro Matheus Albino.

O repetido no segundo tempo e o Guarani tomou o segundo gol aos 31min, em vacilo de Bruno Silva e aproveitado por Matheus Bianchi, que saiu de frente do goleiro Carlão e tocou para as redes e deu números finais a partida.

O Guarani jogou com: Carlão; Bruno Souza, Pedro Moraes, Bruno Silva e Bidu; Marcelo (Michel Douglas), Felipe Guedes(Ricardinho), Bady e Felipe Cirne(Renan); Lucas Crispim e Diego Cardoso.

(crônica de autoria de Elias Aredes Junior- foto da assessoria de comunicação do Londrina E.C)

2 Comentários

  1. Jogou como nunca perdeu como sempre. Futebol e um esporte que fazer firula. Dar chapéu. Bola no meio das pernas enfeitam .Mas um detalhe no futebol e determinante, vence quem coloca a bola na rede. E este foi o Londrina. Copiando a Ponte tentaram colocar garotos para jogar.porem não tiveram tanto sucesso. O Bidu que tem até alguma qualidade no apoio. Não marca nada bem, o zagueiro foi mal.mas e garoto.goleiro foi até bem razoável. Durante a semana os setorista todos. Só falavam no fato de vencer e ter uma campanha não em pontos.mas por critérios ficar a frente da Ponte. Após a derrota. Já que não tiveram sucesso. A conversa era de que não valia nada a partida. Os garotos merecem respeito. E oportunidades. Se é para copiar a Ponte. Faça o seguinte .monte um CT .E invistam em formar garotos. E tem chance no campo. O goleiro por exemplo não faria menos que Kleber e Jeferson braço curto.
    O zagueiro mesmo não tendo ido bem. Não é pior que Xandao. E FERREIRAO. Se é para copiar. Que seja bem feito

  2. Parabéns Carpini, trabalho incrível, quase um milagre….
    Os antecessores fracassaram e só justificaram…..
    Elenco péssimo, O PIOR de todos os tempos…
    Éramos ÚLTIMO colocado do campeonato, com até então a pior campanha dos últimos tempos e conseguimos escapar do rebaixamento…….OBRIGADO CARPINI
    Seria interessante: regularizar o lado financeiro dos jogadores (direito) se existir alguma pendência e………
    INICIAR A FAXINA.
    LIMPEZA GERAL……. sugestão é começar com os mais experientes: Ferreira, Lenon e Ricardinho – fora.
    A exceção os jogadores da base, o restante do elenco é candidato a ir embora rápido, sem exceção…..
    E tomara que o novo expert na montagem de time não contrate jogadores como Diego Jussani, Richarlyson, Vitor Feijão, Bady, Bruno Silva, etc….exemplos claros da incompetência dos anteriores….
    OXALÁ……….

Deixe Um Comentário