terça-feira , 21 agosto 2018
Home / Destaque / Palmeron reforça apoio a Umberto Louzer, enaltece trabalho e descarta Chamusca

Palmeron reforça apoio a Umberto Louzer, enaltece trabalho e descarta Chamusca

Apesar do início irregular na Série B do Campeonato Brasileiro – duas vitórias, um empate e três derrotas – e o tropeço no dérbi dentro do Brinco de Ouro, o técnico Umberto Louzer tem total respaldo para continuar no cargo. Quem garante é Palmeron Mendes Filho, presidente do Guarani, assim como Luciano Dias, superintendente de futebol, havia confirmado em entrevista exclusiva ao Só Dérbi.

“Ele está no caminho certo, trouxe um grupo da Série A2 que está recebendo atletas e vem mudando a questão tática do time. Poucos treinadores tem a personalidade de se recuperar rapidamente de derrota em um clássico. Nós fomos superados em casa, tivemos dois jogos em sequência e, de seis pontos, trouxemos quatro. Fizemos excelente primeiro tempo contra o Criciúma, depois grande partida contra o Goiás, segundo maior orçamento da Série B. Isso mostra evolução”, ponderou.

A cobrança, no entanto, não é apenas em cima do treinador. Marcílio, dono da lateral-esquerda desde janeiro, vem sendo criticado pela torcida, o que obrigou a diretoria a trazer uma peça de reposição – Pará, prestes a estrear. “No Guarani, as cobranças são para todas as posições e não tem exceção. Saio em defesa do Marcílio porque goza de confiança, é um grande jogador e o clube não levou gol por causa de uma falta. Isso faz parte do futebol, tivemos várias faltas e o jogador teve a responsabilidade de marcar o Carlos Eduardo, um dos principais atacantes do futebol”, valorizou.

A especulação a respeito da possível pressão sobre Louzer também se relaciona à demissão de Marcelo Chamusca no Ceará. O comandante do elenco que conquistou o acesso à segunda divisão nacional em 2016 deixou o Vovô após péssimo início na Série A. Mesmo com as manifestações nas redes sociais e o prestígio com as arquibancadas, o cartola descartou o retorno do profissional a Campinas. “Ficamos triste com a saída precoce do Marcelo. É um grande treinador e, com mais sequência, faria grande trabalho que ele já havia iniciado lá com o título estadual e o acesso. Hoje, porém, o Guarani possui hoje um grande treinador que tem confiança dos jogadores e da diretoria. Não se fala em Chamusca, Vadão e ninguém. O nosso técnico é o Louzer”, garantiu.

Umberto soma 24 partidas à frente do Bugre, com 14 vitórias, três empates, sete derrotas e aproveitamento superior a 60%.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa e Eduardo Martins/foto: Guarani Press)

Veja Também

Vencer o Londrina e secar os rivais: o caminho da Ponte para chegar ao dérbi no G4

O O dérbi com o Guarani é no sábado, mas é fundamental para a Ponte ...

8 Comentários

  1. Vamos ver até quando durará este discurso.

    Fizemos grande jogo contra o Goiás ?

    Na minha televisão passou outro jogo… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Chutamos uma bola no gol no segundo tempo.

    E uma ou duas no primeiro tempo.

    Não dá para levar a sério, só rindo. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Este time vai cair para a Série C.

    Não se trata de torcer contra, mas apenas verificar o futebol apresentado.

    Péssimo desempenho futebolístico.

    Opinião do torcedor.

  2. Palmeron:

    E o acordo na Justiça do Trabalho como está ?

    A nova Arena já tem o terreno definido ?

    R$ 350.000,00 por mês estão sendo pagos ?

    O centro de treinamento ?

    O alojamento ?

    A nova sede social ?

    As dívidas trabalhistas já foram pagas ? Quanto ainda devemos ?

    As dívidas fiscais ? Devemos quanto ?

    Só ouço falar em parcerias com empresários. E os projetos para o clube ?

    A coletividade bugrina gostaria de saber.

  3. Um torcedor escalando o time para o jogo contra o CRB: Bruno Brígido, Lenon, Maia, Édson Silva, Pará, Willian, Ricardinho, Longuine, Nazário ou Rondinelly, Guilherme e Anselmo Ramon.

    Esquema: 4 5 1

    Meio campo leve e rápido.

  4. NO CHAMUSCA EU ACREDITO.

    NAS PROMESSAS DO PALMERON NÃO.

  5. Depois do Dérbi somamos quatro pontos contra o 18º e 19º colocados.

    Contra os melhores adversários, três derrotas.

    Os adversários melhorarão e desabaremos na classificação.

    É só esperar.

    Estão preocupados com as parcerias.

  6. DOIS GRANDES NOMES NÃO CHEGARIAM PARA O CLUBE ?

    OU SÓ CHEGARÁ DEPOIS DA PARCERIA ?????

  7. O Chamusca mudou de patamar.

    Por mérito.

    E nós, voltaremos ao patamar de outrora ?

  8. Presidente fez certo. Espero que honre a palavra e não desligue o Louzer com mais duas ou três rodadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *