Perda da titularidade coincide com acerto de Marllon com o Corinthians

4
711 views

A Ponte Preta entrará em campo neste domingo, diante do Vitória, no Majestoso, brigando pela sobrevivência na elite do futebol brasileiro. Sem Yago, o companheiro de Rodrigo será Luan Peres. Já Marllon, destaque em 2/3 da temporada, vive a reta final de seu contrato com o clube e segue no banco de reservas.

Como noticiado pelo Só Dérbi, o zagueiro de 25 anos estava na mira do Corinthians na montagem do elenco de 2018. O interesse foi admitido pelo presidente da equipe corintiana, Roberto de Andrade, após confirmar o encerramento das negociações com Pablo. “Está encaminhado”, disse o mandatário do Timão. O atleta pertence ao Cianorte e está emprestado à Macaca até o dia 31 de dezembro.

Titular com Felipe Moreira e Gilson Kleina, o defensor iniciou a temporada de maneira bem-sucedida, mas esteve presente na fase de decadência técnica da equipe na transição dos turnos do Brasileirão. Com Eduardo Baptista, foram cinco jogos como titular e sete no banco de reservas. A última vez que começou jogando foi na partida contra o Palmeiras no dia 19 de outubro.

Inicialmente, a Ponte Preta tinha interesse em renovar o contrato do zagueiro, mas o empresário optou por dar prioridade ao Corinthians e também ao Atlético-MG – que surgiu como opção em meados de outubro. A tentativa do clube campineiro foi de deixar o jogador entre os suplentes com o intuito de desvalorizar o atleta no mercado.

Marllon não deve ser o único jogador que a Ponte Preta deve perder para 2018. O lateral Nino Paraíba e o atacante Lucca também deixarão a equipe na próxima temporada. A saída independe se a Macaca estará na Série A ou não.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento/foto: Fabio Leoni-PontePress)

4 Comentários

  1. Veja a ética do clube. O jogador está bem, brilhando, chamando a atenção de grandes clubes, perto de ter o maior contrato da carreira, e aí a AAPP coloca o cara na reserva, de propósito, para desvaloriza-lo. Falta de ética e burrice, pois de que adianta manter o jogador e cair de divisão?

    Essa diretoria sem ética e inteligência, além de prejudicar o time, faz a torcida de palhaça. Já ouvi inúmeros torcedores da AAPP se queixando que a dupla de zaga escolhida para jogar não era a melhor do elenco. E quantas vezes GK e EB não foram duramente criticados por isso. Mas a culpa é da diretoria, que manda na escalação.

  2. Não faz sentido. Se a tentativa do clube foi de deixar o jogador entre os suplentes para desvalorizá-lo mercado, porque não fizeram o mesmo com Nino e Lucca?

  3. Não sabem perder !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Apelaram feio !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Terão, certamente, que arcar com uma pena exemplar do STJD.

  4. Eu avisei o Elias no começo do Campeonato !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Vai cair !!!

    Fui combatido e bloqueado no SITE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Caiu !!!!!!!!!