sábado , 15 dezembro 2018
Home / Imagens / Ponte Preta decide lutar na Justiça por punição e perda de pontos para o Goias na Série B

Ponte Preta decide lutar na Justiça por punição e perda de pontos para o Goias na Série B

Juntamente com o diretor jurídico Giuliano Guerreiro e o advogado Felipe Artioli, o presidente da Ponte Preta, José Armando Abdalla Junior anunciou nesta terça-feira que o clube deverá entrar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para pedir um julgamento sobre a irregularidade do jogador Ernanes, que teria adulterado a idade para trabalhar.

Ernanes jogou em 31 dos 38 jogos do Goiás na Série B. “A Ponte entende, categoricamente, que o Goiás tem responsabilidade nessa situação. Seria um salvo conduto para eles. Até acho que realmente não sabiam, mas existe a responsabilidade. Decisão da diretoria é aguardar até quarta-feira para ver se a Procuradoria vai oferecer a denúncia. Se eles oferecerem, vamos acompanhar como terceira interessada. Caso não, vamos tomar nosso caminho e oferecer a denúncia por conta própria “, explicou o diretor jurídico da Macaca, Giuliano Guerreiro.

Em entrevista ao programa “Redação Sportv”, o procurador geral do STJD, Felipe Bevilácqua, disse que não há ilegalidade se a Macaca quiser buscar seus direitos. “Poderia apresentar porque é um clube interessado e a procuradoria poderia dar o seu parecer”, disse o procurador, sem deixar de fazer observações. “Como é um caso que os documentos que fogem a esfera esportiva, depende de provas extraordinárias que fogem a procuradoria”, afirmou.

Caso não ocorra denuncia por parte do STJD e a Ponte Preta denunciar, a procuradoria responderia em uma semana e o julgamento aconteceria em um prazo de 10 dias.

(Elias Aredes Junior- foto-divulgação)

Veja Também

Uma pergunta que não quer calar: Abdalla administra para Ponte Preta ou Vanderlei Pereira? Entenda os motivos.

Na atual temporada, a Ponte Preta viveu um constante terremoto político. Sérgio Carnielli entrou em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *