Ponte Preta e o desafio de Jorginho contra o Sport (PE): aliar vitória com bom desempenho no gramado

0
179 views

Conquistar Copa do Mundo como jogador  e ter sido vice-campeão da Sul-Americana de 2013 não desmancha um cenário na Ponte Preta: Jorginho ainda precisa conquistar corações e mentes nas arquibancadas e na diretoria executiva.

A pontuação está longe de ser ruim e duas vitórias contra Sport e Brasil de Pelotas deixariam o time com 32 pontos e provavelmente dentro da zona de classificação.

Mas somar pontos não basta. É preciso bom desempenho. Rendimento. O treinador pontepretano disparou de que a atuação deixou a desejar no primeiro tempo contra o CRB. Não foram apenas os 45 minutos. Poucas foram as vezes em que o time venceu e convenceu nesta Série B. Ou seja, por um jogo inteiro demonstrou um posicionamento ofensivo e um equilíbrio defensivo capaz de segurar o ímpeto do adversário.

Nem o dérbi pode ser contabilizado pois a apresentação esteve longe de ser exibir instantes edificantes.

Não há como determinar qual time entrará em campo. Só que, queiramos ou não, jogadores como Matheus Vargas e Gerson Magrão carecem de credibilidade no gramado. Não empolgam. Roger alterna altos e baixos. Lógico, a defesa continua sólida e peças como Marquinhos, Edson, Diego Renan e Ivan injetam esperança a cada 90 minutos no torcedor.

Não será fácil contra o Sport. Uma equipe com predileção de agredir o oponente, seja qual for o campo e circunstância. Jorginho terá uma bela chance de aliar desempenho com pontuação. E conseguir trabalhar em campo. O que convenhamos neste conturbado futebol brasileiro não é pouco.

(Elias Aredes Junior)

Deixe Um Comentário