Ponte Preta leva multa do STJD por confusão com torcidas diante do Paraná. Que tal usar a inteligência e o planejamento para evitar a repetição?

1
268 views

Graças ao trabalho do departamento jurídico da Ponte Preta, as confusões ocorridas no jogo contra o Paraná geraram uma multa de apenas R$ 2 mil. Uma vitória para quem corria o risco de perder mando de jogo. Seria discurso piegas e sem nexo afirmar que toda a cobrança deveria ser direcionada apenas e tão somente às torcidas organizadas. O que não pode ser esquecido é a falta de conhecimento tanto da diretoria pontepretana como da cúpula de segurança pública sobre o que é como deve ser tratado a torcida organizada.

Que coloquem de uma vez por todas na cabeça: as torcidas organizadas têm aliadas em todos os cantos do Brasil e se a torcida do Guarani não pode entrar no dérbi do próximo dia 10 de agosto fará com seus aliados. O que certamente aconteceu diante do Paraná.

Torcida organizada não é sinônimo de crime. Vamos repetir o dado batido e revelador: de cada 100 torcedores organizados, seis ficam envolvidos em eventos violentos, segundo dados do sociólogo Mauricio Murad. E boa parte dos integrantes das torcidas são das classes C,D e E. Planejamento, inteligência e repressão são ingredientes necessários em determinadas ocasiões. Mas diálogo é necessário.

Não para estabelecer relação promiscua, mas para vislumbrar que cada jogo merece atenção redobrada e que cada torcida visitante merece tratamento meticuloso.

Se nada disso for feito uma hora ou outra novas confusões serão registradas. E não dá para assegurar que outra multa será aplicada. Melhor agir com sabedoria para não chorar depois.

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Gostaria de saber como esse sociólogo chegou a esses números?? Qual foi a metodologia e/ou base de dados para inferir esses números. Será que ele teve acesso ao DVC, a popular “capivara” desses “torcedores organizados”? Acho difícil, pois a maioria nem cadastrada é pelos “dirigentes” dessas torcidas. Tendo a acreditar que esses números foram distorcidos pra justificar a tese de que torcedores organizados não são tão violentos assim.

    Depois de mortes e muitas confusões a Inglaterra conseguiu dar um jeito nos seus brigões e hoje vemos que os estádios ingleses são exemplos de civilidade, o banco de reservas fica junto a arquibancada e nenhum torcedor ousa intimidar jogadores reservas e a comissão técnica, também não tem alambrados e mesmo assim rarissimamente alguém invade o gramado, mesmo nos times que fazem má campanha e prestes a serem rebaixados. A torcida visitante fica separada apenas por uma fileira de policiais (sempre de coletes amarelos) e nada mais. Mas como os brigões se tornaram bonzinhos de uma hora pra outra??? Uso de tecnologia e rigorosas punições.

    Vou contar minha experiência….

    Pra comprar ingresso na Premiere League, primeiro você tem que se cadastrar no sistema e depois ir a um posto de coleta de dados onde tiram cópia de seu documento com foto, suas digitais e uma foto. Esse banco de dados é conectado ao sistema da polícia, ou seja, se na hora do cadastramento você tiver ficha suja na polícia o seu cadastro será negado, ah!, mas outra pessoa cadastrada pode comprar ingresso pro ficha suja né? Pode, mas ele não vai conseguir entrar no estádio com aquele ingresso. No estádio você insere o ingresso ou posiciona o celular com o QR code numa leitora e coloca a mão num leitor, se as digitais não baterem com a do cadastro a catraca não abre. Passando pela catraca, passa-se por um detector de metais, se necessário uma revista corporal, tudo dura menos de 30 segundos.

    Além disso, se houver mandado de prisão contra você, a catraca não só não abre como a polícia é avisada imediatamente, é claro que nenhum criminoso procurado vai tentar acessar os estádios… Se já for cadastrado e foi pego dirigindo bêbado, essa informação será transmitida pela polícia ao banco de dados e fará com que seu cadastro seja bloqueado e a venda de ingressos negada. Se dentro do estádio você arrumar confusão, além de sair de lá preso, seu cadastro é automaticamente bloqueado e consequentemente impedido de comprar ingressos pra outras partidas.

    Se deu certo lá porque não poderia funcionar aqui? Ou seja, se quisermos afastar os brigões, tecnologia temos, basta que os dirigentes as queiram utilizar, senão vamos ficar só enxugando gelo!!!

Deixe Um Comentário