Ponte Preta não disputará Campeonato Paulista de Futebol Feminino. Entenda os motivos

0
472 views

Sem nenhum ponto somado nas três primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, a Ponte Preta pedirá licença da disputa do Campeonato Paulista da modalidade e cujo inicio deverá acontecer em abril.

De acordo com a diretoria pontepretana, a decisão foi tomada porque a Federação Paulista de Futebol banca uma parte dos custos e a outra parte dos custos é viabilizada por projetos de incentivos disponibilizados pelo governo federal ou Estadual.

Os documentos devem ser enviados para as esferas públicas até o mês de agosto de cada ano, algo que não terias sido feito pela diretoria anterior, conforme apurou a reportagem do Só Dérbi. O presidente era José Armando Abdalla Junior. Diante da ausência deste montante, a direção definiu pelo caminho do pedido de licença. Os custos do departamento de futebol feminino previstos para este ano eram de R$ 180 mil.

Um aspecto que chama atenção é que o futebol feminino pontepretano não tem um departamento específico e um diretor responsável.

Na diretoria de Abdalla, o projeto ficava a cargo do diretor de marketing, Eric Silveira, enquanto que na atual gestão ficou sob a responsabilidade do diretor de finanças, Fábio Abdalla.

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior: Foto: arquivo-Pontepress)

Deixe Um Comentário