Ponte Preta teme o aparecimento de concorrentes pelos serviços de Gilson Kleina

0
329 views

Sem resposta por parte do técnico Gilson Kleina sobre sua continuidade ou não de seu trabalho para a próxima temporada, a diretoria da Ponte Preta começa a temer o aparecimento de concorrentes após a última rodada do Campeonato Brasileiro, cujo encerramento está previsto para domingo.

Rebaixado para a Série B, o Vitória (BA) já teria encaminhado uma proposta ao técnico enquanto que a Chapecoense, caso não permaneça na divisão de elite, tentará viabilizar uma oferta ao comandante pontepretano, que deixou o time na quinta posição da Série B com 60 pontos ganhos e com duas vitórias a menos que o Goiás (18 a 16), quarto colocado. Como precaução, a direção pontepretana já começa a se movimentar em torno de um Plano B caso fracasse o plano de renovação de contrato.

Mas ainda existe otimismo. O principal fator é que todas as exigências contratuais feitas por Kleina foram atendidas, tanto na parte econômica como de melhoria da infraestrutura no Centro de Treinamento do Jardim Eulina. A reapresentação está marcada para o dia 02 de janeiro.

Deixe Um Comentário