Por um trabalho de três meses, parte da torcida bugrina quer incinerar a história de Fumagalli. Tremenda Injustiça!

1
398 views

Ético, responsável, talentoso, profissional. Todos esses predicados podem ser direcionados a Fumagalli enquanto exerceu a função de jogador profissional. Liderou o Guarani em tempos de vacas magras e foi recompensado com o vice-campeonato na Série C de 2016 e  conquista da Série A-2 de 2018. Foram 307 jogos e 90 gols. Um patrimônio precioso e que pode correr perigo de ser esfarelado em virtude da paixão irracional do torcedor.

O torcedor bugrino está insatisfeito com o desempenho no Paulistão. Queria disputar as quartas de final contra o Palmeiras. Coloca sua frustração sobre o ex-técnico Osmar Loss e os responsáveis pelo departamento de futebol, Marcus Vincius Beck Lima e o ex-camisa 10. Em grupos de Whatsapp e no Facebook já não é incomum pedirem a cabeça dos dois integrantes. Insanidade total.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Como querer que os dois montem um time para disputar titulo ou chegar as quartas de final se as finanças do clube ainda estão semi destruídas? Poderiam contratar jogadores mais capacitados e competentes? Até concordo. Mas tinha dinheiro? Existiam opções no mercado? Vou além: os atrasos de salários e os desmandos ocorridos nos últimos anos não prejudicaram a credibilidade do Guarani no mercado? Como fazer com que a dupla convença o mundo da bola a confiar na regeneração do Guarani?

Pare, pense, reflita. No final do ano, o Conselho de Administração não escondia de ninguém que a meta era a permanência na Série A-1. Conseguiu com 14 pontos e com vitórias sobre São Paulo e Corinthians. Será que a missão não foi cumprida por Fumagalli e por Marcus Vinicius? Tenho certeza que sim.

E tudo isso foi viabilizado com uma estrutura deficitária, confusões políticas e desencontros.

Fumagalli cometeu erros? Sim, lógico. Natural para quem ocupa o cargo pela primeira vez. Agora é de uma desonestidade tremenda dar uma Williams na mão de Fumagalli é pedir que ele dirija como uma Mercedes.

Para a Série B, que existe um níquel de racionalidade na torcida bugrina. Para que não se cometa uma injustiça contra quem já fez muito pelo clube.

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Lamentável o que parte da torcida está fazendo com Fumagali querendo responsabiliza_lo pelo fracasso da equipe
    Assim como Amoroso, Luizão e tantos outros ele é um ídolo
    Incontestável,trabalhei com ele conheço seu caráter no mínimo não é justo até porque ele faz parte de uma comissão técnica não decide sozinho e tenho certeza que não avaliou
    Algumas contrataçães. Por favor vamos respeitar mais nossos ídolos.

Deixe Um Comentário