Qual Ponte Preta vai surgir após a pré-temporada em Itu?

0
655 views

A Ponte Preta treinou neste domingo e embarcou para a Pré-Temporada em Itu. Gilson Kleina terá a semana cheia antes da estreia no Campeonato Paulista, no dia 27, contra o Palmeiras, no Allianz Park.

Apesar de contar com o mesmo treinador de 2021- Gilson Kleina- a expectativa é que tudo será diferente.

Em primeiro lugar pela presença de Nenê Santana.

Auxiliar técnico fixo, o ex-zagueiro não é figura decorativa. E pelo que revelou em entrevista à Rádio Brasil, a Comissão Técnica tentará corrigir um dos principais defeitos de 2021, o abuso da ligação direta. Com Fábio Sanches e Dedé, a estratégia é trabalhar a saída de bola desde o campo defensivo, mesmo em instantes de pressão.

Outra incógnita (ou nem tanto) é pela presença no dia a dia de Marco Antonio Eberlin. Depois de muitos anos, o clube tem no comando alguém que entende do assunto. Em profundidade. Com isso, não será qualquer explicação da Comissão Técnica que será aceita. Argumentos sólidos devem ser apresentados.

Caso o debate interno entre treinador, coordenador de futebol (Luis Fabiano) e presidente seja instalada, de algo já para ter certeza: dificilmente a Ponte Preta atuará com três atacantes. Se tal formação for realidade, a surpresa vai prevalecer.

A tendência será um esquema tático com três volantes, um armador e dois atacantes de velocidade. O contra-ataque será amigo e parceiro da Alvinegra.

Os dias em Itu vão comprovar se as mudanças vão ocorrer em tempo recorde ou no balanço do tempo.

(Elias Aredes Junior-foto de Diego Almeida-Ponte Preta)